PUBLICIDADE
Logo do São Paulo

São Paulo

Favoritar Time

Justiça de SP bloqueia R$ 78 mil de Daniel Alves

23 nov 2023 - 13h31
Compartilhar
Exibir comentários

A Justiça de São Paulo bloqueou aproximadamente R$ 78 mil, valor que estava nas contas do jogador Daniel Alves. O motivo foi uma dívida de R$ 613 mil com o Banco Safra.

Inicialmente, a instituição bancária moveu processo contra a empresa Fanfive pela dívida. E Daniel Alves foi avalista de um empréstimo feito pela companhia, que atua na área da música e entretenimento. Aliás, há cerca de dois anos, a empresa anunciava que o lateral era diretor de relacionamento.

Justiça encaminhou ofício para o São Paulo para saber se Daniel Alves tem valores a receber –
Justiça encaminhou ofício para o São Paulo para saber se Daniel Alves tem valores a receber –
Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net / Jogada10

O empréstimo, afinal, foi assinado em julho de 2022 com valor de R$ 2 milhões. O valor de R$ 613 mil, todavia, é referente às parcelas que já deveriam ser pagas.

Como o valor não apareceu nas contas de Daniel Alves, o juiz Cesar Augusto Vieira Macedo ordenou um ofício ao São Paulo Futebol Clube, onde o atleta atuou entre 2019 a 2021, para saber se ele ainda tem algum valor a receber.

Relembre o caso Daniel Alves

Enquanto tem a derrota naJustiça de São Paulo, Alves tem outra batalha no tribunal da Espanha. O atleta vai a julgamento acusado de crime sexual na Espanha, em dezembro de 2022. Ele está preso desde janeiro deste ano.  A Justiça, aliás, ordenou a prisão após depoimentos contraditórios do jogador brasileiro.

Na última vez que falou, Daniel reconheceu que teve relações sexuais de forma consensual. No entanto, revelou que mentiu para preservar seu casamento.

Daniel Alves mudou sua estratégia de defesa. Cristóbal Martell, que era seu advogado, uma das referências na Espanha, abandonou o caso. Martell, inclusive, disse que deixou a causa por acreditar que o resultado não seria positivo. A nova defensora, Inés Guardiola, é uma jovem de 35 anos e especialista em violência sexual.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade