PUBLICIDADE
Logo do São Paulo

São Paulo

Favoritar Time

Eleições do São Paulo: associados elegem 100 novos membros para o Conselho Deliberativo neste sábado

25 nov 2023 - 06h16
Compartilhar
Exibir comentários

O São Paulo não entra em campo neste sábado, mas isso não quer dizer que o dia não seja importante para o Tricolor. Nessa data, o futuro político do clube começará a ser definido através dos associados, que irão votar em 100 novos membros para o Conselho Deliberativo, no Morumbi.

Esta é a primeira etapa do pleito que terminará em dezembro, ainda sem data definida, com a escolha de um novo presidente ou a reeleição do atual, Julio Casares.

Internamente, há um clima de domínio do grupo da situação, liderado por Casares. Os 100 eleitos se juntarão aos 160 conselheiros vitalícios do São Paulo, formando o novo colégio eleitoral do clube. A partir daí, o Conselho escolherá o presidente responsável por comandar o Tricolor no próximo triênio, entre 2024 e 2026.

Foto: Gazeta Esportiva

Julio Casares após ter sido eleito presidente do São Paulo, em 2020.

O pleito será concorrido por um membro da oposição, ainda indefinido, e Julio Casares, que lidera a chapa "Juntos pelo São Paulo", com apoio de Carlos Belmonte, diretor de futebol, e Olten Ayres de Abreu, presidente do Conselho Deliberativo.

Poderão votar os associados adimplentes com idade superior a 18 anos e que possuam dois anos de contribuição ininterrupta ao clube. Quem não puder comparecer pode ser representado pelo cônjuge dependente, desde que o repasse do voto seja autorizado. Os sócios que estiverem suspensos ou com deveres financeiros a cumprir, perdem o direito. Há a estimativa de que 5 mil pessoas compareçam ao Morumbi neste sábado.

Casares intensifica campanha

Favorito a ocupar o cargo por mais três anos, Casares tem intensificado sua campanha pela reeleição nas últimas semanas. Às vésperas da primeira etapa das eleições, o dirigente compareceu a diversos eventos com os associados, além de pedir votos para candidatos parceiros nas redes sociais.

Ele ganhou o direito de um novo mandato após uma reforma no estatuto do São Paulo, que passou a permitir uma nova candidatura do mandatário vigente.

Casares tem apoio da grande maioria dos conselheiros, dos associados e também das principais torcidas organizadas do clube. O coro aumentou ainda mais após a conquista inédita da Copa do Brasil, em setembro deste ano. Na última sexta-feira, ele divulgou um vídeo convocando os associados para votar.

Oposição indefinida

O grupo de oposição a Casares ainda está indefinido. Eles chegaram a registrar a candidatura da chapa há cerca de um mês, mas ainda não sabem o nome que irá competir com o atual presidente nas eleições. O candidato deve ser escolhido pelo grupos depois deste sábado.

A chapa dos opositores carrega o nome de "Salve o Tricolor Paulista" e conta com figuras importantes da política são-paulina, como o antigo dirigente do clube, Marco Aurélio Cunha. O grupo está ciente da dificuldade de vencer o pleito contra Casares, que detém o apoio de, pelo menos, 180 dos conselheiros do clube - quase 70% das cadeiras.

A data para eleição presidencial do São Paulo será definida somente após o pleito deste sábado, no Morumbi.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade