PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

Ceni mostra mágoa com torcedores: Não aceitaram falar comigo

Treinador comentou encontro dos torcedores da Independente com jogadores no CT da Barra Funda

18 nov 2021 01h37
| atualizado às 07h32
ver comentários
Publicidade

Após a vitória do São Paulo por 2 a 0 sobre o Palmeiras, no Allianz Parque, o técnico Rogério Ceni respondeu perguntas sobre o acontecimento desta semana no Tricolor. Na última terça-feira (16), alguns membros da Independente, principal torcida organizada do São Paulo, foram ao CT da Barra Funda conversar com os jogadores sobre a má fase da equipe.

Ceni falou sobre a reunião de torcedores no CT da Barra Funda (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
Ceni falou sobre a reunião de torcedores no CT da Barra Funda (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
Foto: Lance!

Ceni falou que se colocou à disposição para conversar com os torcedores, mas o pedido não foi aceito, já que a reunião seria somente com jogadores e diretoria.

"Sobre torcedores que foram ao CT, não os vi. Me coloquei à disposição, e disse que eu conversaria com torcedores para não ter exposição dos atletas. Torcedores que eu defendi durante 25 anos. Mas infelizmente não aceitaram falar comigo, queriam falar com jogadores. Acho que foram quatro jogadores, me coloquei a disposição para não expor jogadores. Mas como não ocorreu aceite. Eu tive que deixar jogadores. Para não ter consequências piores. Lamento torcedores não conversar comigo, e deveriam pensar", disse Ceni.

Apesar das cobranças na reunião, Ceni disse que, pelas informações, foi algo tranquilo e cordial, sem grandes entreveros.

"Alguém que defende mais o clube que eu, que tenta fazer o melhor que eu, não sei, depois de tanto tempo junto. Mas faz parte do processo. Pelo que me passaram foi algo tranquilo, cordial. Quem sabe na próxima oportunidade a gente possa conversar com todos torcedores", finalizou Ceni.

A vitória contra o Palmeiras tira um pouco da pressão do São Paulo, que está na 14ª colocação, com 41 pontos. O próximo compromisso é somente na quarta-feira (24), quando enfrenta o Athletico-PR, às 21h30, no Morumbi.

Lance!
Publicidade
Publicidade