0

Pelé festeja aniversário de 50 anos do milésimo gol; relembre

19 nov 2019
07h09
atualizado às 19h21
  • separator
  • 0
  • comentários

Existe a divergência porque o craque não levou em conta três gols que entraram nas estatísticas de A Gazeta Esportiva. Já pelos cálculos do Rei, a festa ficou para o Maracanã. No fim do jogo, Pelé deu a volta olímpica no estádio, com torcedores vascaínos aplaudindo, e vestindo uma camisa com o número 1.000, fazendo alusão ao momento que ficaria marcado para a história. Após o gol de Pelé, o jogo se tornou apenas um pretexto para que a comemoração continuasse pelo máximo de tempo possível.

Capa da Gazeta Esportiva ( Foto: Acervo/Gazeta Press)
Capa da Gazeta Esportiva ( Foto: Acervo/Gazeta Press)
Foto: Gazeta Esportiva

Em sua impecável e magistral carreira, Pelé fez história com três camisas: Santos, Cosmos e Seleção Brasileira. Pelo Peixe, foram mais de 1100 jogos, com impressionantes 1091 gols, uma média de aproximadamente um gol por partida. Já no Brasil, foram 95 gols, se tornando o maior artilheiro da história do nosso país, marca que até hoje jamais foi quebrada. O craque acabou encerrando a carreira no futebol dos Estados Unidos, pelo Cosmos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade