1 evento ao vivo

Claudinei evita polêmica e pede para que atletas não lutem por sua permanência

1 nov 2013
13h33
atualizado às 13h39
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Claudinei Oliveira fugiu de uma possível polêmica com o presidente Odílio Rodrigues, que desaprovou as suas cobranças por uma posição sobre a permanência no clube após o clássico contra o Corinthians, no último domingo. O comandante santista afirmou que procurará o dirigente, mas pediu para que os atletas, que se manifestam favoráveis a sua permanência, não comprassem a sua causa.

<p>Após cobranças, Claudinei evitou estender polêmica com Odílio; técnico ainda crê que os jogadores não ajudarão em sua permanência</p>
Após cobranças, Claudinei evitou estender polêmica com Odílio; técnico ainda crê que os jogadores não ajudarão em sua permanência
Foto: Ricardo Saibun / Divulgação

"Estou tranquilo. Assim que precisar de uma resposta conversarei com o doutor Odílio Rodrigues O recado foi dado e recebido, sem problema nenhum", disse o treinador.

"Isso (defesa) não cabe aos atletas. A direção é quem precisa tomar a decisão, independentemente da decisão. Temos relacionamento muito bom, mas isso não garante permanência de ninguém. Conquistei a confiança, a amizade deles, pode se dizer. Fora de campo não temos relacionamento, mas em campo é muito bom profissionalmente e vai ser assim enquanto eu permanecer no Santos. Não cabe aos jogadores esse tipo de coisa (lutar por minha permanência). A decisão deve ser tomada pelo clube", completou.

O dirigente desaprovou o recado do treinador por meio da imprensa estranhando a não procura direta de Claudinei a membros da diretoria santista.

"Se o Claudinei quiser ter uma ideia (sobre o seu futuro), que pergunte para mim, não à imprensa. Estive sábado com ele até a saída da delegação, conversamos bastante, fui desejar boa viagem (para Araraquara, no clássico de domingo). Ele tem toda liberdade para perguntar para mim o que quiser”, explicou Odílio.

Claudinei usou como argumento a dificuldade de entrar no mercado caso o Santos só informe no fim do ano que não deseja contar com o seu trabalho para 2014.

Ao Terra, o promotor Francisco Cembranelli, membro influente do Comitê, preferiu não responder e ressaltou, somente, entender a expectativa do treinador, mas que a decisão sairá "no tempo do Comitê".

A diretoria do Santos direciona atenções para a definição do seu treinador para a próxima temporada. Com concorrência para avançar nas negociações com um "técnico medalhão" no País, o Comitê Gestor do clube estuda alternativas e já cogita, inclusive, voltar a buscar uma nova filosofia de trabalho no mercado argentino.vO novo alvo é Ricardo Gareca, do Vélez Sarsfield.

Fonte: K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade