PUBLICIDADE
Logo do

Santa Cruz

Meu time

Santa Cruz faz no fim, e Vasco volta a perder após 10 jogos

18 out 2014 18h10
| atualizado às 18h36
ver comentários
Publicidade

Santa Cruz e Vasco entraram em campo, neste sábado, na Arena Pernambuco, “ostentando” a incrível marca de 12 empates em 29 jogos na Série B do Campeonato Brasileiro – inferior apenas à do Sampaio Corrêa, que havia empatado 13 vezes antes deste fim de semana. Assim, qual era o resultado mais esperado? Uma nova igualdade. E ela esteve muito aperto de acontecer. O único gol do jogo só saiu aos 40min do segundo tempo, com Cassiano, que pisou em campo aos 37min da etapa final e deu a vitória ao time pernambucano por 1 a 0 sobre os cariocas.

Esta foi a primeira derrota do Vasco na Série B depois de dez rodadas – a última derrota foi o fatídico 5 a 0 para o Avaí, em 30 de agosto - e também a primeira de Joel Santana à frente do time cruz-maltino. O tropeço ainda fez o Vasco perder a vice-liderança da competição para o Joinville, que tem o mesmo número de pontos (54), mas duas vitórias a mais (16 a 14). Por sua vez, o Santa Cruz aumentou sua invencibilidade para cinco jogos e subiu à sétima posição, com 45 tentos.

A torcida do Santa Cruz compareceu em bom público à Arena Pernambuco e, no primeiro tempo, viu a sua equipe ser mais perigosa. O Vasco tinha o controle da posse de bola, mas não conseguia assustar tanto quanto o time pernambucano. No lance mais perigoso da etapa inicial, Tiago Costa recebeu com espaço na ponta esquerda e obrigou Martín Silva a fazer bela defesa no canto direito. O arqueiro uruguaio, aliás, foi o grande nome dos 45 minutos iniciais, mostrando bastante segurança principalmente nas saídas do gol.

<p>Douglas não conseguiu fazer o Vasco vencer no Pernambuco</p>
Douglas não conseguiu fazer o Vasco vencer no Pernambuco
Foto: Peu Ricardo / Lancepress!

Depois de ver o Vasco ser improdutivo no primeiro tempo, Joel Santana resolveu mexer no intervalo e colocou Maxi Rodríguez no lugar de Fabrício. O time carioca melhorou, mas não a ponto de criar chances claras de gol. Por sua vez, o Santa seguia tendo mais facilidade para assustar Martín Silva - como aconteceu aos 9min, após finalização de Renan Fonseca.

Edmílson, então, saiu para dar lugar a Dakson, e o Vasco finalmente fez Tiago Cardoso trabalhar na partida. Aos 18min, o próprio Dakson recebeu de Thalles e viu sua forte finalização parar no goleiro tricolor. Poucos minutos depois, foi Thalles quem só não balançou as redes por causa de bela defesa do arqueiro pernambucano. Aí, Oliveira Canindé foi obrigado a se mexer. Ele colocou Renatinho e Cassiano em campo, e, poucos minutos depois, ambos resolveram: o lateral tocou para o atacante, que fez linda jogada individual e, aos 40, chutou cruzado, sem chances para Martín Silva. Foi o gol que deu a vitória ao Santa.

Na próxima rodada, terça-feira, às 19h30 (de Brasília), o Vasco vai a Natal enfrentar o América-RN, enquanto o Santa Cruz segue na Arena Pernambuco para, desta vez, receber o desesperado Vila Nova.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade