PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Russa

Favoritar Time

Uefa confirma duras sanções à Rússia e deixa país inelegível para sediar Eurocopa

Comitê Executivo da entidade, entre outras sanções, proíbe país de Vladimir Putin sediar as edições de 2028 e 2032 do torneio

2 mai 2022 17h04
| atualizado às 19h08
ver comentários
Publicidade

A Uefa anunciou nesta segunda-feira como serão suas futuras competições sem a presença da seleção e dos clubes russos. Por causa dos ataques à Ucrânia, as sanções foram duras e a entidade torniou o país inelegível para sediar a Eurocopa em 2028 ou 2032.

Logo após o início dos ataques, a Uefa resolveu suspender todas as equipes e clubes sob a bandeira da Rússia de participarem das competições da entidade até um novo aviso. Nesta segunda-feira, o Comitê Executivo anunciou uma série de decisões para as próximas competições, "a fim de assegurar a sua realização tranquila num ambiente seguro e protegido para todos os interessados."

As medidas abrangem o futebol masculino e feminino, as categorias de base e mesmo o futsal russo. O país de Vladimir Putin lançou candidatura para hospedar a Eurocopa, o que também acabou recebendo sanção.

"O Comité Executivo da Uefa declarou não elegível a candidatura apresentada pela União de Futebol da Rússia (FUR) para acolher a EURO 2028 ou a UEFA EURO 2032, de acordo com o artigo 16.02 do Regulamento de Candidaturas Finais e Fases Finais da Uefa, que afirma que 'cada proponente deve assegurar que não atua de forma a colocar a UEFA, a fase final da Uefa ou qualquer outro proponente (ou qualquer funcionário, dirigente ou representante de qualquer um dos anteriores), o procedimento de licitação ou o futebol europeu em descrédito.' O Comité permanecerá de prontidão para convocar novas reuniões para reavaliar a situação legal e factual à medida que evolui e adotar novas decisões conforme necessário."

Para as próximas competições foi anunciado que Portugal substitui a seleção feminina da Rússia na Euro 2022 e que a equipe não voltará para a disputa das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2023. Já o time masculino será considerado o lanterna do grupo na Liga das Nações sem entrar em campo. Os times estão fora da Liga dos Campeões, Liga Europa e Conferência.

"A Rússia não terá clubes afiliados a participar nas competições de clubes da Uefa na temporada 2022/23. Consequentemente, as respectivas listas de acesso das competições de clubes masculinas e femininas foram reequilibradas de acordo com os princípios estabelecidos nos regulamentos de competição relevantes."

A Hungria substitui a equipe russa na fase final da Euro 2022 feminina de futsal, em julho. Também está fora da Liga dos Campeões e das Eliminatórias para a Copa de 2024 na modalidade. O banimento vale para todas as categorias de base também.

Estadão
Publicidade
Publicidade