PUBLICIDADE
Logo do

Paraná

Favoritar Time

Fernando Diniz, ex-Audax, é o novo técnico do Paraná

Treinador, que já atuou como jogador do clube paranaense, dirige um time de Série B pela primeira vez

8 jul 2015 - 19h51
(atualizado às 20h05)
Ver comentários

A diretoria do Paraná agiu rápido. Após demitir Nedo Xavier na tarde de terça-feira, a direção surpreendeu e acertou com Fernando Diniz. O nome preferido, no entanto, era Claudinei Oliveira.

Fernando Diniz é amigo pessoal de dirigente do Paraná e será apresentado nesta quinta-feira
Fernando Diniz é amigo pessoal de dirigente do Paraná e será apresentado nesta quinta-feira
Foto: Mauro Horita/Agif / Gazeta Press

As conversas foram finalizadas no início desta noite e o anúncio oficial acontecerá na quinta-feira. Ex-jogador do clube paranaense no final da década de 90 e início dos anos 2000, o treinador é mais uma aposta da diretoria paranista.

O substituto inicial seria o técnico Claudinei Oliveira, com quem tinha tudo apalavrado há um mês. O treinador, que comandou a equipe em 2014 e trocou pelo rival Atlético-PR, foi descartado de última hora. O motivo alegado foi o alto salário, mas a realidade foi outra.

O acerto só não ocorreu devido ao superintendente de futebol, Durval Lara Ribeiro, que decidiu mudar os planos. O dirigente, responsável pelo departamento de futebol, foi quem segurou Nedo Xavier no cargo até o último momento e tinha total liberdade para alterar o planejamento nessa mudança.

Por isso, Vavá foi atrás de um nome de sua confiança: Fernando Diniz, de quem é amigo pessoal. O ex-treinador do Audax-SP, que tem o perfil jovem e estudioso, foi o escolhido para assumir a equipe tricolor. Essa tentativa de trazê-lo, inclusive, é a terceira em dois anos pelo Paraná.

Com 41 anos, Diniz encerrou a carreira de jogador há sete anos. Em 2009, o ex-atleta iniciou a nova carreira e acumula passagens por Votoray, Paulista, Botafogo-SP, Atlético Sorocaba e Audax. Nesse último clube, inclusive, foi elogiado por montar um time que valorizasse a posse e toque de bola, além de ser bastante ofensivo.

Fonte: PGTM Comunicação - Especial para o Terra PGTM Comunicação - Especial para o Terra
Publicidade
Publicidade