PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Galiotte: Patrick e Lucas Lima voltam a treinar nesta sexta

Presidente do Palmeiras confirma retorno dos dois jogadores, que foram multados e afastados após terem sido flagrados em festas clandestinas

24 jun 2021 14h29
| atualizado às 15h18
ver comentários
Publicidade

Nesta quinta-feira, o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, afirmou que Patrick de Paula e Lucas Lima voltarão a treinar na Academia de Futebol a partir desta sexta-feira, quando o elenco se reapresenta visando a preparação para o jogo contra o Bahia, no domingo, em São Paulo, pelo Campeonato Brasileiro.

Lucas Lima é cobrado por torcedores do Palmeiras ao deixar festa clandestina
Lucas Lima é cobrado por torcedores do Palmeiras ao deixar festa clandestina
Foto: Reprodução/Twitter

Os dois jogadores foram afastados por tempo indeterminado das atividades da equipe após descumprirem o protocolo de saúde do clube. Eles foram flagrados por integrantes de uma torcida organizada alviverde em festas clandestinas.

"Ambos foram punidos. Receberam uma multa, sabem que erraram. O Palmeiras dá vários exemplos, várias orientações, é um clube que trata com muita responsabilidade a questão da pandemia. Eles sabem e entendem que cometeram uma falha importante. Eles voltarão a treinar conosco a partir de amanhã", afirmou o mandatário do Palmeiras ao SporTV.

Patrick de Paula, volante do Palmeiras, é flagrado por torcedores em festa clandestina
Patrick de Paula, volante do Palmeiras, é flagrado por torcedores em festa clandestina
Foto: Reprodução / Estadão Conteúdo

Galiotte também comentou sobre a média de idade do time palmeirense. Na visão do presidente, o Palmeiras tem um elenco equilibrado, que já se mostrou vitorioso na última temporada.

"O Palmeiras, hoje, tem um grupo mais jovem e um grupo mais experiente. Esse grupo híbrido, que tem uma mescla, ganhou três campeonatos. Então, significa que nós não estamos completamente errados, o caminho é esse. Alguns ajustes cabem? Cabem em  todos os elencos do mundo, mas a gente tem que fazer com equilíbrio", finalizou.

Também nesta quinta, Galiotte falou sobre a polêmica declaração de Abel Ferreira, que mostrou sua insatisfação com a diretoria ao dizer que não tem mais esperanças de receber reforços. Na opinião do presidente, a fala do treinador "não soma absolutamente nada".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade