13 eventos ao vivo

Felipão absolve Melo por cartão e sinaliza escalação de Thiago Santos

21 ago 2019
09h21
  • separator
  • 0
  • comentários

O volante Felipe Melo, expulso na vitória sobre o Grêmio, foi absolvido por Luiz Felipe Scolari em Porto Alegre na noite de terça-feira. Sem o cabeça de área titular do Palmeiras, o técnico já sinalizou a escalação de Thiago Santos no segundo jogo pelas quartas de final da Copa Libertadores.

No primeiro tempo, Felipe Melo tomou cartão amarelo por entrar de sola no adversário. Na etapa complementar, em mais uma falta, o meio-campista recebeu o segundo amarelo e acabou expulso. Chateado, chorou na saída do gramado e cobriu o rosto com a camisa.

"Na minha opinião, uma das faltas não existiu ou não era para amarelo. Aí, fica jogando com cartão… O Kannemann tem cartão, agarra o adversário todo o jogo e nada acontece. O árbitro disse que o Felipe foi um cavalheiro pela forma que se portou, mas eu não acho que as duas faltas foram para amarelo", disse o técnico.

Em partidas anteriores, Felipe Melo foi repreendido pelo comandante por deixar o time com um a menos. Na avaliação do experiente treinador, o volante não merece ser advertido pelos lances que culminaram com a expulsão do árbitro argentino Patricio Loustau em Porto Alegre.

"Quando temos que cobrar de alguém, cobramos internamente. Hoje, não vou cobrar o Felipe Melo mais do que o normal, porque uma das faltas não era para amarelo. Posso dizer que não tenho que cobrar como uma ou duas vezes em que ele realmente prejudicou a equipe", afirmou.

Após a expulsão, o comandante recompôs o meio de campo com a saída do atacante Willian para a entrada de Thiago Santos na cabeça de área. Questionado se a ideia é escalar o volante como titular no jogo de volta, Felipão sinalizou que sim: "Em princípio, é".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade