PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Deyverson relembra título do Palmeiras e revela conversa da esposa com Abel

Atacante participou do programa 'Mais Você', da TV Globo, e agitou os torcedores nas redes sociais

29 nov 2021 17h45
| atualizado às 17h45
ver comentários
Publicidade

Herói do título da Libertadores 2021, Deyverson fez uma participação no programa "Mais Você", da apresentadora Ana Maria Braga, da TV Globo, nesta segunda-feira (29), e agitou a torcida alviverde nas redes sociais. Dentre as história contadas pelo jogador, o camisa nove revelou uma conversa de bastidor entre sua esposa, Karina Alexandre, e o técnico Abel Ferreira.

Deyverson participou do programa 'Mais Você', com Ana Maria Braga, da Globo (Foto: Reprodução/Globo)
Deyverson participou do programa 'Mais Você', com Ana Maria Braga, da Globo (Foto: Reprodução/Globo)
Foto: Lance!

- Entre o Abel e eu, tenho certeza que quem enquadrou mais o Deyverson foi eu (risos). O Abel chegou a dizer que se tivesse qualquer problema com o Deyverson eu poderia ligar que ele resolveria a situação - brincou Karina.

- O Abel falou que se eu machucasse ou magoasse ela eu iria me ver com ele. Falei para ele que jamais faria isso. Abel é um cara de coração enorme, não falo isso para puxar saco, é apenas a realidade. Minha esposa me ensinou a não mentir e eu sou assim - completou Deyverson.

Durante a participação, Deyverson e sua esposa reproduziram uma das danças que ficaram marcadas nas comemorações do atleta nas últimas semanas. Ao som da música "Coração Cachorro", da dupla Ávine e Matheus Fernandes, o casal chamou a apresentadora para participar dança.

Deyverson relembrou o início de sua carreira como jogador e revelou que seu pai foi fundamental para que continuasse no caminho futebol, isso porque, segundo contou o camisa nove, sua mãe não queria que ele fosse um atleta de futebol, mas, na verdade, um cantor de pagode.

- Meu pai é um cara que amo demais e agradeço muito todos os dias. Se não fosse por ele e por Deus, talvez eu não estivesse aqui hoje. Minha mãe não queria que eu fosse jogador, queria que fosse pagodeiro. As vezes a gente gosta de ouvir mais a mãe, mas não foi o que aconteceu. Sou muito grato ao meu pai - disse.

Em mais um momento de descontração, o jogador vestiu uma camisa com a foto de Ana Maria, fazendo o mesmo que Felipe Andreoli, que também participou da conversa. Antes com a camisa do Palmeiras, Deyverson chegou a pedir desculpas para Leila Pereira e a Crefisa, em tom de brincadeira, por tirar o uniforme que estampa as marcas que patrocinam o clube.

Autor do gol que garantiu o tricampeonato sul-americano, o camisa nove relembrou o momento do gol e ainda desejou uma boa recuperação a Andreas Pereira, que falhou no lance.

- O Abel pediu, quando a bola voltasse, tínhamos que pressionar . Eu nunca desisto da jogada, dou o máximo para ajudar a equipe. Tive a oportunidade de roubar na falha de uma companheiro de profissão. A gente não deseja mal a ninguém, tomara que se recupere. As críticas às vezes são pesadas. Ele errou e pude fazer o gol da Libertadores. Não torcemos pelo mal de ninguém, mas temos que defender o nosso escudo - afirmou.

Lance!
Publicidade
Publicidade