0

Com três de Luiz Adriano, Palmeiras vence o Guaraní em casa

10 mar 2020
23h27
atualizado às 23h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Palmeiras estreou como mandante na edição de 2020 da Copa Libertadores na noite desta terça-feira. No Allianz Parque, com gols marcados pelo centroavante Luiz Adriano, o time alviverde ganhou do Guaraní por 3 a 1, resultado que garante a liderança isolada.

Luiz Adriano fez os dois gols do Palmeiras (MIGUEL SCHINCARIOL / AFP)
Luiz Adriano fez os dois gols do Palmeiras (MIGUEL SCHINCARIOL / AFP)
Foto: LANCE!

Com seis pontos em duas partidas, o Palmeiras figura no primeiro lugar do Grupo B do torneio continental. O Guaraní, com os mesmos três pontos, detém o segundo posto. Em mais um jogo disputado nesta terça-feira, o Bolívar bateu o lanterna Tigre e somou seus primeiros três pontos.

Às 16h30 (de Brasília) deste sábado, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras enfrenta a Inter de Limeira, no Estádio Major Levy Sobrinho. Às 21h30 da próxima quarta-feira, pela terceira rodada da Copa Libertadores, encara o Bolívar, no Hernando Siles.

O Jogo - O Palmeiras começou o jogo ligado e quase saiu na frente logo no início. Rony aproveitou vacilo de Romaña pela esquerda e cruzou para Luiz Adriano, que ajeitou para Dudu. O camisa 7 furou e Willian chutou para defesa de Servio. A bola ficou viva dentro da área, mas ninguém conseguiu marcar.

O Guaraní pouco ameaçou o Palmeiras durante o primeiro tempo. Em uma rara chegada do time paraguaio, Edgar Benitez cobrou escanteio da direita e levantou na segunda trave. Bobadilla completou de cabeça e o goleiro Weverton conseguiu agarrar a bola.

O time da casa manteve o domínio da partida e, com Dudu aberto pela direita, chegou a jogar com uma linha de quatro atacantes em alguns momentos. No último lance de perigo do primeiro tempo, em cobrança de falta sofrida por Dudu, Bruno Henrique bateu direto e assustou o goleiro Servio.

O Palmeiras conseguiu inaugurar o marcador aos 7 minutos do segundo tempo. Rony sofreu falta e Marcos Rocha cobrou rapidamente para Dudu. Luiz Adriano recebeu um belo passe do camisa 7, ganhou da marcação e levou a melhor sobre o goleiro Servio.

O time alviverde aumentou sua vantagem no Allianz Parque aos 27 minutos da etapa complementar. Após desperdiçar grande chance de marcar, Rony achou Luiz Adriano livre dentro da área. O centroavante finalizou rasteiro e marcou seu segundo na partida.

O Palmeiras voltou a marcar aos 36 minutos do segundo tempo. Dudu levou até o fundo pela esquerda e cruzou para Luiz Adriano anotar o seu terceiro na partida. Aos 42, no gol de honra do Guaraní, Bobadilla recebeu de Merlini por trás de Viña e bateu com categoria diante de Weverton.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 3 x 1 GUARANÍ

Data: 10 de março, terça-feira

Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Roberto Tobar (CHI)

Assistentes: Christian Schiemann (CHI) e Claudio Rios (CHI)

Público: 28.267 pagantes

Renda: R$ 1.900.019,84

Cartões amarelos: Marcos Rocha, Gomez (PAL); Morel, Rodrigo Fernandez, Edgar Benitez, Merlini, Baez (GUA)

Gol:

PALMEIRAS: Luiz Adriano, aos 7 e aos 27 minutos do 2º Tempo

GUARANÍ: Bobadilla, aos 42 minutos do 2º Tempo

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gomez (Vitor Hugo) e Viña; Bruno Henrique, Ramires (Patrick de Paula) e Dudu; Willian (Zé Rafael), Rony e Luiz Adriano

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

GUARANÍ: Servio; Davalos, Romaña, Baez e Guillermo Benitez; Redes, Rodrigo Fernandez, Angel Benitez e Morel (Barrientos); Edgar Benitez (Merlini) e Bobadilla

Técnico: Gustavo Costas

Veja também:

Os dez atletas mais bem pagos da década, segundo a Forbes

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade