0

Barros valoriza trabalho e projeta chegada de "peças pontuais"

12 fev 2020
07h14
atualizado às 07h14
  • separator
  • 0
  • comentários

O diretor de futebol Anderson Barros foi o responsável por apresentar o lateral esquerdo uruguaio Matias Viña na Academia de Futebol. Ao fazê-lo, o sucessor de Alexandre Mattos procurou valorizar o próprio trabalhou e projetou a chegada de mais reforços para o técnico Vanderlei Luxemburgo.

O Palmeiras, agressivo no mercado nas últimas temporadas, mudou sua política e resolveu apostar nos jogadores criados nas categorias de base. Viña é, na prática, o primeiro reforço contratado por Anderson Barros para a temporada de 2020, mas o diretor de futebol vê a situação por outro viés.

"Todos diriam que é nossa primeira contratação, mas acho que não. O que temos feito nesses últimos dias nos dá o direito de dizer que é a primeira contratação. Estamos fazendo um trabalho que vocês todos têm acompanhado: valorização dos atletas que aqui estavam, que foram e são campeões, e valorização dos atletas da base", disse.

O Palmeiras continua atrás de reforços para o elenco e ainda busca destino para jogadores fora dos planos, casos do meia Guerra e do versátil Jean. Ao falar sobre seus planos, Anderson Barros deu a entender que Matias Vinã não será a única contratação do clube para a temporada 2020.

"Com o elenco que temos e a chegada dessas peças pontuais, poderemos competir de igual para igual, como fizemos nos últimos anos. O Palmeiras sempre foi uma referência e continuará sendo. Esse é o nosso caminho", declarou o novo diretor de futebol.

Às 16 horas (de Brasília) deste domingo, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, o Palmeiras entra em campo para enfrentar o Mirassol, no renovado Allianz Parque. Com 10 pontos ganhos, dois a menos que o Santo André, o time alviverde ocupa o segundo lugar do Grupo B.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade