PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

Antes de chegar ao Palmeiras, Merentiel era pretendido pelo River e deixou boa impressão na Argentina

Em conversa com o LANCE!, jornalista argentino do Olé explicou como foi a passagem do novo centroavante do Verdão nos anos de Defensa y Justicia, quando foi alvo de Gallardo

18 mai 2022 17h24
| atualizado às 18h38
ver comentários
Publicidade

O Palmeiras anunciou na tarde desta quarta-feira a contratação de Miguel Merentiel, do Defensa y Justicia. No entanto, muitos torcedores foram surpreendidos pela notícia, pois não conheciam o centroavante. Dessa forma, o LANCE! foi atrás de um jornalista argentino para entender como joga o novo reforço do Verdão.

Miguel Merentiel chegou ao Palmeiras e já conheceu as instalações do CT (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)
Miguel Merentiel chegou ao Palmeiras e já conheceu as instalações do CT (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)
Foto: Lance!

GALERIA

TABELA

Quem falou com a reportagem foi Santiago de Vega, jornalista do Olé. As impressões deixadas na Argentina foram as melhores possíveis nesses últimos anos de Defensa, principalmente por ser um jogador que tem facilidade em jogar dentro e fora da área, além de ter se adaptado muito bem ao esquema ofensivo de Sebastián Beccacece.

- Miguel é centroavante, mas que sai muito da área para jogar e para se associar com os meio-campistas, não fica apenas dentro da área, mas também tem a virtude de fazer essas associações e buscar a bola para jogar. Os gols que ele faz são bem característicos de um camisa 9, tanto de cabeça quanto com o pé. Tem uma característica de ficar um tempo a mais na área, mas tem bastante repertório para definir - relatou Santiago ao LANCE!.

Merentiel chegou ao Defensa y Justicia em 2020, quando ainda era reserva de Braian Romero, que acabou deixando o clube para jogar no River Plate, em 2021. Nesse meio tempo, o novo 9 palmeirense enfrentou o Verdão na Recopa Sul-Americana e ajudou os argentinos a conquistarem o título nos pênaltis, em Brasília, no ano passado.

- Quando chegou ao Defensa, era um reserva, contra o Palmeiras jogou a Recopa Sul-Americana e ganhou. Na ida foi suplente e na volta jogou como titular e fez um dos gols de pênalti na decisão. Chegou ao clube em 2020 e era um reserva do Braian Romero, que agora está no River Plate e deixou o Defensa logo após a Recopa. A partir deste ano passou a ser titular e marcou 8 gols em 14 partidas.

Esse bom rendimento no futebol argentino despertou o interessou de um dos grandes do país: o River Plate. Com a venda de Julián Alvarez para o Manchester City, o time de Marcelo Gallardo passou a buscar opções, como Taty Castellanos (também desejo do Palmeiras), mas o preço do atacante foi inviável, forçando a tentar alternativas. Foi aí que o nome do uruguaio Merentiel entrou na pauta do clube.

- Ele tem um rendimento muito bom e despertou o interesse do River Plate, que vendeu Julian Alvarez e está buscando um substituto para ele. Queriam Taty Castellanos, do New York City, que pediu muito dinheiro e começaram a pensar em alternativas, e Miguel Merentiel estava entre as possibilidade do River para o próximo mercado, mas o Palmeiras chegou e o levou. É um bom atacante, que tem bastante gol e tinha a confiança de Beccacece, nos últimos anos, como titular, marcou bastante gols. Deixou uma boa impressão.

Perguntado se Miguel Merentiel pode ter a qualidade para ser o tão esperado camisa 9 que a torcida do Palmeiras quer, Santiago de Vega garantiu que sim, que ele pode suprir essa carência palmeirense desde que consiga se adaptar ao futebol brasileiro, pois na Argentina ele atendeu às expectativas quando foi solicitado. Para o jornalista do Olé, se não saísse para o Verdão, iria para um grande argentino.

- Creio que pode ser o 9 do Palmeiras, se se adaptar rapidamente ao futebol brasileiro, creio que pode sim. Defensa, com Beccacece, tem um futebol ofensivo, joga as partidas com o time bem avançado, com pressão alta, e as oportunidades que tinham para marcar sempre foram muitas, rendeu bem e não sentiu a pressão de ser o 9, e já estava sendo monitorado pelo River Plate. Gallardo o queria, e se não fosse o Palmeiras, com certeza ele daria um salto para um grande da Argentina. Eu creio que será um bom reforço para o Palmeiras - concluiu o repórter argentino.

Vale lembrar que Merentiel ainda levará um tempo para poder estrear pelo Alviverde, uma vez que a janela de transferências para o Brasil só será aberta no dia 18 de julho. Até lá, o atacante uruguaio deve apenas ficar treinando com o grupo. O Palmeiras pagou 1,5 milhão de dólares (R$ 7,5 milhões) por 80% dos direitos do atleta.

Lance!
Publicidade
Publicidade