6 eventos ao vivo

Fifa diz que não vai analisar falta de Matuidi em nigeriano

1 jul 2014
16h32
atualizado às 17h12
  • separator
  • comentários

O Comitê Disciplinar da Fifa não vai abrir qualquer tipo de investigação sobre o volante francês Matuidi que deu uma entrada violenta no zagueiro nigeriano Onazi, que acabou por fraturar a perna. “De acordo com o art. 72 parágrafo 2 do Código Disciplinar da Fifa, as decisões disciplinares do árbitro são finais. Assim, o Comitê Disciplinar da Fifa não pode intervir nesta questão”, disse, por e-mail, o departamento de Imprensa da Fifa, já que Matuidi foi punido por cartão amarelo na jogada.

<p>Meio-campista francês lesionou adversário nas oitavas de final</p>
Meio-campista francês lesionou adversário nas oitavas de final
Foto: Siphiwe Sibeko / Reuters

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

O mesmo Comitê segue investigando a participação de jogadores brasileiros e chilenos na confusão no intervalo do jogo válido pelas oitavas de final em Belo Horizonte. Por enquanto apenas o diretor de comunicação da CBF, Rodriogo Paiva, expulso pelo árbitro, está suspenso, mas a Seleção corre o risco de perder mais jogadores para a partida contra a Colômbia.

Fred, que deu um tapa no chileno Medel na saída do campo, no intervalo, é um dos que podem ser punidos. A CBF deve entregar até 19h (de Brasília) desta terça-feira a defesa de Paiva, que afirma ter apenas se defendido da agressão do atacante Pinilla.

Sobre o caso Suárez, apenas na próxima segunda-feira, o Comitê de Apelação deve dar alguma resposta sobre o pedido de redução da punição ao jogador feita pela Associação Uruguaia de Futebol. Suárez, que já se declarou arrependido da mordida a Chiellini e pediu até desculpas, espera que sua pena de 4 meses de suspensão de qualquer atividade de futebol e mais nove jogos oficiais pelo Uruguai, seja reduzido.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade