9 eventos ao vivo

Milan perde vaga na Liga Europa por violar norma financeira

Torino herdará o posto do clube na competição continental

28 jun 2019
09h05
atualizado às 09h33
  • separator
  • 0
  • comentários

O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) anunciou nesta sexta-feira (28) a exclusão do Milan da próxima edição da Liga Europa, após o clube rossonero ter violado o fair play financeiro da Uefa entre 2015 e 2018.

Milan terá uma temporada para ajeitar suas contas
Milan terá uma temporada para ajeitar suas contas
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

A decisão é resultado de um acordo que prevê que o Milan não participe de competições continentais na temporada 2019/20, em troca do arquivamento de duas decisões anteriores da confederação europeia contra o clube.

Na primeira delas, em novembro de 2018, a Uefa havia determinado a exclusão do time rossonero de seus torneios por uma temporada caso não fosse alcançado o equilíbrio orçamentário até 30 de junho de 2021.

Na segunda, de abril passado, o clube era investigado por não conseguir eliminar o prejuízo em seu balanço. Com isso, o Milan ganha uma temporada para ajeitar suas contas, agora sob administração da gestora americana Elliott, mas deve ser forçado a vender estrelas de seu elenco, como o goleiro Gianluigi Donnarumma, cortejado pelo PSG.

O objetivo é devolver o clube à Liga dos Campeões da Uefa em 2020/21, já que a Liga Europa não é uma competição cobiçada pela diretoria e por boa parte da torcida, acostumada com as glórias no principal torneio do continente - o Milan é o segundo maior vencedor da Champions League, com sete taças.

O clube de Milão havia se classificado para a fase de grupos da Liga Europa após ter ficado em quinto lugar na Série A da Itália. A Roma, que estava nos playoffs, substituirá o Milan, enquanto o Torino herdará a vaga nas fases preliminares.

Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade