2 eventos ao vivo

Liga grega diz que suspensão de jogos representa "sério risco" para existência dos clubes

13 mar 2018
11h43
  • separator
  • comentários

A liga de futebol da Grécia se opôs nesta terça-feira à suspensão de todos os jogos da primeira divisão devido a episódios de violência de torcida, dizendo que a medida ameaça a própria existência dos times do país.

A Grécia suspendeu as partidas indefinidamente depois que Ivan Savvides, proprietário do clube PAOK, foi filmado usando um coldre de arma ao entrar no campo para reclamar de um gol anulado no jogo contra o AEK, no domingo.         

O jogo foi abandonado e mais tarde a vitória foi concedida ao PAOK graças a um gol polêmico que provocou as queixas iniciais de dirigentes do PAOK. Savvides se desculpou por sua ações em um comunicado emitido pelo time nesta terça-feira.

"A suspensão não traz nada", disse o presidente da Liga Grega, Giorgos Stratos, a repórteres depois de se reunir com o vice-ministro da Cultura e dos Esportes, Georgios Vassiliadis.

"Isso cria um risco sério, e podemos estar nos afastando de nossas metas e objetivos".

"A suspensão não beneficia ninguém nem nada. A suspensão anula qualquer coisa positiva que tenha sido feita. A suspensão coloca em risco todo o esporte do futebol para além das consequências financeiras".

Stratos disse ter pedido a "retomada mais rápida possível" das partidas, mas nenhuma data foi decidida ainda.

Savvides, de 58 anos, que também é procurado pela polícia para ser interrogado a respeito da entrada no gramado sem autorização, disse não ter tido intenção de causar dano a ninguém.

O futebol grego vem sendo alvo de invasões de campo e episódios de violência dentro e fora do campo há anos, e as autoridades vêm repetindo promessas de organizar o esporte.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade