3 eventos ao vivo

Wenger reconhece que pode perder Özil e Sánchez já em janeiro

Dupla está em fim de contrato, e Arsenal pode lucrar se negociá-los na próxima janela

12 out 2017
10h42
  • separator
  • comentários

O Arsenal vive um dilema com os seus dois principais jogadores. Mesut Özil e Alexis Sánchez têm contrato somente até o fim da temporada e os Gunners podem perdê-los de graça ao término do vínculo. Ou então tentar lucrar na próxima janela de transferências.

O técnico Arsène Wenger admitiu que a saída da dupla em janeiro não está descartada, apesar de o agente do meia alemão ter garantindo a um jornal turco que as negociações para renovação estão avançando.

- Uma vez que você está neste tipo de situação, você tem em vista todas as soluções, de fato. É possível - comentou Wenger, em entrevista coletiva.

Diante do imbróglio e da possibilidade de assinar um pré-contrato com qualquer clube em janeiro, Özil despertou o interesse de diversas equipes. Recentemente, o alemão foi ligado à Inter de Milão, Besiktas e Manchester United.

Sánchez tem contrato até o fim da temporada (Foto: ADRIAN DENNIS / AFP)
Sánchez tem contrato até o fim da temporada (Foto: ADRIAN DENNIS / AFP)
Foto: LANCE!

Özil conversa para renovar (Foto: ADRIAN DENNIS / AFP)

- Nossos contatos com o Arsenal continuam e estão progredindo de forma positiva. Özil pretende jogar por no mínimo mais dois ou três anos no Campeonato Inglês - disse o empresário de Özil, Erkut Sogut, ao "Fanatik".

Em relação a Alexis Sánchez, Manchester City e PSG podem protagonizar uma verdadeira batalha. Isso porque os ingleses, por intermédio de Pep Guardiola, tentaram a contratação do chileno na última janela de transferências, mas esbarraram em Arsène Wenger.

Os franceses também demonstraram interesse, mas fecharam com Neymar e Mbappé. A imprensa gaulesa, contudo, segue apostando que o clube ainda deseja contar com o atacante.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade