0

Parceria entre Red Bull e Bragantino visa Libertadores

Nabi Abi Chedid, presidente do Bragantino, diz que a união dos clubes servirá para eternizar o Massa Bruta na história do futebol

23 abr 2019
14h18
atualizado às 14h37
  • separator
  • comentários

Nesta terça-feira, o presidente do Bragantino, Marquinho Chedid, e o CEO do Red Bull Brasil, Thiago Scuro, anunciaram a junção entre os dois clubes para as próximas temporadas. Na apresentação, o presidente do Massa Bruta revelou o plano de chegar à Libertadores em um futuro próximo.

"Nós buscamos conquistas a nível internacional. Temos o objetivo de subir para a Série A esse ano, nos classificarmos para o Sul-Americano e chegar a Libertadores. Acredito que em três ou quatro anos vamos conseguir esses objetivos", declarou Marquinho Chedid.

Thiago Scuro eMarquinho Chedid na apresentação do projeto(Foto: Reprodução)
Thiago Scuro eMarquinho Chedid na apresentação do projeto(Foto: Reprodução)
Foto: LANCE!

Ele aproveitou para destacar o projeto, que segundo ele, vai mudar a filosofia do futebol brasileiro.

"É um projeto grandioso, de mudança na filosofia do futebol brasileiro. O desapego serve para ver o time que está no meu coração desde os sete anos, ser cada vez mais forte no mundo do futebol", disse.

Durante a apresentação da parceria, Marquinho se emocionou ao relembrar da promessa feita ao pai, Nabi Abi Chedid, que foi presidente do Bragantino durante as décadas de 50, 60, 80 e 90.

"Tomamos essa decisão para eternizar o Bragantino. Esse é o principal objetivo. O meu pai esteve no futebol durante 50 anos, e quando ele estava na UTI antes de falecer, ele me pediu um favor: não deixar o Bragantino morrer. E eu estou cumprindo essa promessa. Me sinto confortável de assumir essa parceria, pois estou cumprindo o compromisso com meu pai", afirmou.

Thiago Scuro, CEO do RB Brasil, deu mais detalhes sobre como vai funcionar a parceria entre as duas equipes.

"A partir de 2020 a equipe passa a se chamar Red Bull Bragantino. Quanto ao escudo, vamos definir até o final do ano para podermos apresentar de uma maneira respeitosa e participativa", declarou Thiago.

Scuro afirmou que não irá mudar o nome do estádio Nabi Abi Chedid, que era utilizado até esta temporada pelo Bragantino, e será a casa da equipe.

"Queremos respeitar a tradição que o Bragantino construiu no futebol brasileiro, e a expectativa é de construir uma nova história juntos, retomando, através do Bragantino, a glória do futebol do interior e as glórias que o Bragantino teve no passado", afirmou o CEO.

Com relação aos times, de acordo com Thiago Scuro, os jogadores utilizados na Série B serão uma mistura dos atletas do Bragantino e do Red Bull Brasil.

Do time de Bragança, ficaram nomes como os meias Vitinho e Wesley . Juntam-se a eles atletas como o atacante Osman e o zagueiro Léo Ortiz, destaques do Paulistão pelo Red Bull Brasil.

A comissão técnica fica a cargo de Antônio Carlos Zago, eleito o melhor técnico do Campeonato Paulista pelo clube de Campinas.

A estreia do clube será nesta sexta-feira (26), contra o Brasil-RS, em Pelotas, às 19h15 (de Brasília), pela primeira rodada da Série B.

Veja também:

 

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade