PUBLICIDADE

Suárez não mostra muita confiança na recuperação de Cavani

Astro do Uruguai vê como difícil a recuperação do companheiro, que mais uma vez não foi a campo para os treinos de rotina do Uruguai

3 jul 2018 09h55
| atualizado às 10h36
ver comentários
Publicidade

Principal jogador do Uruguai, Luis Suárez parece não acreditar na recuperação do companheiro de ataque Cavani para o jogo contra a França, pelas quartas de final da Copa do Mundo, nesta sexta-feira. Pelo menos é o que ficou demonstrado na coletiva que ele concedeu nesta terça-feira no QG da Celeste, em Nijny Novgorod:

"E complicado ter uma lesão dessas (na panturrilha esquerda) e são poucos dias até o jogo e isso dificulta a recuperação. Sabemos que ele fará tudo que é possível para jogar, mas isso não depende muito dele. É mais com os médicos."

Suárez durante partida contra Portugal nas oitavas de final da Copa
Suárez durante partida contra Portugal nas oitavas de final da Copa
Foto: REUTERS/Hannah Mckay / Reuters

Suárez já marcou dois gols nesta Copa e está atrás da artilharia da sua seleção neste torneio, atrás apenas de Cavani, que tem três. Embora exalte a importância do companheiro, o jogador do Barcelona diz que a Celeste tem força não na individualidade. Por isso, acredita que o time se sairá bem mesmo que não conte com o herói da vitória sobre Portugal nas quartas (Cavani marcou os dois gols no 2 a 1 e saiu machicado no fim).

"Realmente ele significa muito para meu jogo e para a minha equipe. É essencial pela classe que tem e pelo que demonstra em todas as partidas da seleção, com muita colaboração. Essa ajuda toda gera desgaste e ele se machucou. Mas o Uruguai não é exclusivamente Cavani ou eu. Nossa maior força, aquilo que nós dependemos muito, é do nosso coletivo", finalizou o maior goleador da história da Celeste.

Veja também

Minuto Estadão | As maiores rivalidades da Copa:

 

Lance!
Publicidade
Publicidade