2 eventos ao vivo

St-Pierre revela que abdicou de cinturão do UFC para cuidar de saúde

Canadense explica em comunicado ao UFC que interrompe carreira por conta de saúde

8 dez 2017
17h48
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois que conquistou o cinturão dos médios do UFC, Georges St-Pierre não deu sinais sobre seu futuro, mas deixou claro que, segundo seu contrato, precisaria enfrentar Robert Whittaker pela unificação dos cinturões absoluto e interino da divisão. Mas o fato é que o canadense abdicou do título. O motivo? A própria saúde do lutador.

Em comunicado oficial no site do Ultimate, a organização reproduziu uma mensagem de St-Pierre explicando a decisão de abandonar o posto de campeão dos médios.


- Minha luta no UFC 217 foi uma das melhores noites da minha vida, mas sei que preciso de um tempo para focar na minha saúde. Por respeito aos atletas e ao esporte, não quero parar a divisão. Estou deixando meu título vago e quando estiver saudável vou trabalhar com o UFC para saber qual o próximo passo da minha carreira - explicou GSP.

Aos 36 anos, St-Pierre deixou a aposentadoria após quase quatro anos para disputar o cinturão dos médios. O canadense finalizou Michael Bisping no UFC 217 e conquistou o título até 83,9kg. Recentemente, Dana White revelou que o lutador contraiu uma úlcera no intestino e terá de cuidar de sua saúde.

Em 2013, St-Pierre abdicou do cinturão dos meio-médios por conta de, segundo ele, "problemas pessoais", e levou quase quatro anos até retornar ao octógono. Dessa vez o canadense não deixou claro se a ausência será por alguns meses ou por um período maior.

Veja também:

Seleção feminina ganha camisas sem estrelas do masculino
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade