2 eventos ao vivo

São Paulo falha, perde do Oeste e dá adeus ao bi da Copinha

Time da casa bateu os atuais campeões da competição por 2 a 1 e está na semifinal da edição 2020 para enfrentar o Grêmio. Reifit, o grande nome do jogo, marcou o gol da vitória

18 jan 2020
23h41
atualizado em 19/1/2020 às 08h30
  • separator
  • 0
  • comentários

O Oeste quebrou o favoritismo do São Paulo e bateu o adversário por 2 a 1, na Arena Barueri, neste sábado, pelas quartas de final da Copinha. Com gols de Douglão e Reifit, o time do interior paulsta garantiu classificação para a semifinal da competição e vai enfrentar o Grêmio, na próxima quarta-feira. Os são-paulinos, que marcaram com o zagueiro Mateus, ficaram pelo caminho.

Foto: Julio Zerbatto/MyPhoto Press / Gazeta Press

O primeiro tempo começou com o São Paulo sabendo que não teria vida fácil na partida. Apesar de uma falta perigosa logo aos quatro minutos, não demorou muito para os são-paulinos sofrerem um baque. Brunão cruzou para a área em bola parada e achou Douglão, que subiu sozinho para abrir o placar para o Oeste. Era o indício inicial de que a defesa não esteve em seus melhores dias.

De novo em cobrança de falta, Gabriel Falcão quase marcou um golaço aos 12 minutos, quando parecia difícil passar pela zaga adversária. Até que dois minutos depois, em batida de escanteio açucarada, Mateus saiu da marcação no meio da área e cabeceou para empatar o duelo em Barueri. O empate deixou o jogo mais aberto para os dois lados e, assim, imprevisível. A partir daí, foram quatro boas chances para cada lado, com destaque para o habilidoso Reifit, do Oeste, e o rápido Maia, do São Paulo. No entanto, a verdade é que o time rubro-negro fez uma primeira etapa melhor do que o São Paulo, que cometeu diversos vacilos na defesa, algo incomum até aqui na competição. O placar de 1 a 1 no intervalo foi pouco pelo que foi criado.

Foto: Julio Zerbatto/MyPhoto Press / Gazeta Press

Na volta do período de descanso, em menos de cinco minutos, uma boa oportunidade para cada lado: primeiro com Reifit, que fez jogada individual e arriscou chute no cantinho, mas a bola foi para fora passando perto do gol de Matheus Cunha. O São Paulo respondeu em seguida após roubo de bola no ataque. O lance foi bem feito, mas Galeano chutou fraco e desperdiçou.

O bom time do Oeste continuou dando trabalho ao São Paulo, tanto na marcação, fornecendo poucos espaços, quanto nas investidas no ataque. O tricolor Juan quase marcou, mas esbarrou em grande defesa de Márcio. Reifit, o grande nome do jogo, porém, não desperdiçou. Depois de ter levado perigo um pouco antes, o jovem recebeu um presentaço em jogada individual de Tite e só teve o trabalho de empurrar para o gol e colocar o time de novo em vantagem.

Foto: Julio Zerbatto/MyPhoto Press / Gazeta Press

Mais tranquilo e melhor postado no campo, o Oeste passou a controlar as ações da partida e administrar o resultado. O São Paulo, que desde o início se mostrou afoito e desconfortável, não conseguiu se organizar após levar o segundo gol, mas ainda assim acertou uma bola na trave aos 44 minutos do segundo tempo. Sorte de quem já estava na frente e garantiu o placar.

Com a vitória, o Oeste está na semifinal da Copinha e na próxima quarta-feira, na Arena Barueri, enfrenta o Grêmio, às 17h30. Enquanto os são-paulinos, atuais campeões, deixam a competição mais cedo do que o esperado. A outra semifinal vai ter duelo entre Internacional e Corinthians, também em Barueri, na terça-feira, às 19h15. A final será no próximo sábado, no Pacaembu.

Foto: Julio Zerbatto/MyPhoto Press / Gazeta Press
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade