3 eventos ao vivo

Grêmio bate Vasco nos pênaltis e avança da Copinha

Jogo terminou empatado em 1 a 1 no tempo normal; nos pênaltis, time gaúcho venceu por 4 a 3

18 jan 2020
19h29
atualizado às 20h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Vasco viu o sonho pelo segundo título da Copa São Paulo de Futebol Júnior ser novamente adiado. Após o vice-campeonato no ano passado, o Gigante da Colina parou nas quartas de final para o Grêmio. No tempo normal, o jogo terminou empatado em 1 a 1. Nos pênaltis, o time gaúcho venceu por 4 a 3.

Grêmio e Vasco fizeram jogo movimentado em Mogi das Cruzes (Foto: Guilherme Rodrigues)
Grêmio e Vasco fizeram jogo movimentado em Mogi das Cruzes (Foto: Guilherme Rodrigues)
Foto: LANCE!

O meia-atacante gremista Rildo e o meia vascaíno Arthur fizeram os gols no tempo normal. Nos pênaltis, enquanto o Imortal acertou todas as cobranças, o Vasco viu a classificação ruir nos erros do atacante MT, que isolou a bola, e do meia Caio Lopes, que parou em defesa do goleiro Ariel. O adversário do Grêmio na semifinal será definido ainda neste sábado, no jogo entre São Paulo e Oeste, às 21h45, em Barueri.

Em jogo bastante movimentado por ambas as equipes, o Grêmio abriu o placar aos 11 minutos do segundo tempo. O atacante Fabrício cruzou, o meia Pedro Lucas errou o cabeceio, e a bola sobrou para Rildo bater com categoria, sem chance para o goleiro Fintelman.

O Vasco, porém, não se entregou e foi em busca do empate, o que conseguiu aos 30 minutos. O centroavante Luan fez ótima jogada e passou a bola para o atacante Vinícius cruzar pelo lado esquerdo. A defesa do Grêmio afasta mal e Arthur bateu firme para deixar tudo igual no marcador.

A partida seguiu quente, tanto que o meia Gonçalves quase colocou o Grêmio na frente novamente aos 37 minutos, quando chutou de longe e mandou a bola no travessão. Aos 42, Fabrício desperdiçou a chance mais clara da partida: de dentro da pequena área, mandou a bola por cima do travessão.

Esses lances deram um pouco de suspiro ao Vasco. O alívio vascaíno, porém, durou apenas até a decisão por cobranças de pênalti. Pelo Gigante da Colina, acertaram apenas o zagueiro e capitão Miranda, o centroavante Luan, o volante Juninho. Pelo Imortal, acertaram o volante Diego Rosa, o zagueiro Alison Calegari, o lateral-direito Vanderson e o volante Fernando Henrique.

Veja também:

Veja por onde andam os campeões pelo Flamengo da Copa do Brasil 2013
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade