2 eventos ao vivo

São Paulo cogita emprestar Lucas Perri, mas impõe condições

Clube planejava dar chances ao goleiro de 21 anos em 2019, mas acabou contratando Tiago Volpi. Clubes europeus já o procuraram, mas ainda não atenderam às exigências do Tricolor

9 jan 2019
08h03
  • separator
  • comentários

O São Paulo sabe que este ano pode ser frustrante para Lucas Perri, que esperava virar reserva imediato de Jean e acabou voltando ao posto de terceiro goleiro após a chegada de Tiago Volpi. Por isso, o clube cogita emprestá-lo, mas sem facilitar a vida dos interessados.

Lucas Perri em ação pela equipe sub-23 do São Paulo, campeã do Brasileiro de Aspirantes (Foto: saopaulofc.net)
Lucas Perri em ação pela equipe sub-23 do São Paulo, campeã do Brasileiro de Aspirantes (Foto: saopaulofc.net)
Foto: Lance!

O Tricolor já recebeu ofertas de empréstimo pelo jovem de 21 anos - a Fiorentina (ITA) é apontada nos bastidores como a principal interessada - e avisou que topa fazer negócio se os moldes forem interessantes para todas as partes.

Para o São Paulo, o interessante seria colocar uma cláusula alta para o caso de os europeus decidirem comprá-lo ao fim do vínculo - os valores não foram confirmados pela diretoria, mas há pessoas envolvidas nas conversas que falam em algo entre 10 milhões de euros (R$ 42,6 milhões) e 12 milhões de euros (R$ 51 milhões).Dessa forma, cresceriam as chances de Perri ganhar rodagem e retornar ao clube em 2020, quando Volpi pode estar retornando ao México (ele está emprestado pelo Quéretaro até o fim deste ano). Na "pior" das hipóteses, o São Paulo venderia o jovem por uma boa quantia. Ainda não há sinalização de acordo.

Uma venda imediata é considerada menos provável, já que nenhum clube deu mostras de que pretende pagar agora o valor que o São Paulo acha justo por sua promessa, que ainda não estreou na equipe profissional.

Assim que acabou a temporada passada, a diretoria são-paulina decidiu liberar Sidão para procurar outro clube (ele fechou com o Goiás) e, com isso, abrir espaço para Jean assumir a titularidade e Perri virar seu reserva imediato. Na época, uma oferta de empréstimo do São Bento foi recusada.

O clube já sondava alguns goleiros, mas não se animava por nenhum deles porque seria necessário investir alto. Quando abriu-se a possibilidade de contratar Tiago Volpi por empréstimo, os dirigentes não hesitaram.

O contrato de Perri, renovado em maio do ano passado, só termina em abril de 2022. Antes, venceria no meio deste ano.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade