1 evento ao vivo
Logo do São Paulo
Foto: Marcos Bezerra / Futura Press

São Paulo

Rodrigo Caio é o melhor passador do São Paulo neste início de temporada

Zagueiro tem números superiores aos do volante Jucilei e dos demais meio-campistas da equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior

13 fev 2018
07h28
  • separator
  • comentários

Buscando uma vaga na lista do técnico Tite para a Copa do Mundo da Rússia, no meio do ano, o zagueiro Rodrigo Caio tem aprimorado o fundamento de passe neste início de temporada pelo São Paulo. Mesmo sendo defensor e, por isso, não ter tanto a bola em seus pés como os jogadores do meio de campo, o são-paulino se destaca e atualmente é o melhor passador da equipe.

Rodrigo Caio acertou 367 passes nos seis jogos em que esteve em campo em 2018 (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)
Rodrigo Caio acertou 367 passes nos seis jogos em que esteve em campo em 2018 (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)
Foto: LANCE!

De acordo com os dados publicados pela Footstats, o camisa 3 do São Paulo deu 367 passes certos nas seis partidas que disputou até aqui (cinco pelo Campeonato Paulista e uma pela Copa do Brasil), o que lhe rende uma média de 61 passes corretos por partida.

Para se ter uma ideia da relevância dos números, o volante Jucilei - notável passador do futebol brasileiro - tem números ligeiramente menores dos que os de Rodrigo Caio. Responsável, entre outras coisas, pela transição da posse de bola da defesa para o ataque, o camisa 8 do Tricolor acertou 346 passes (média de 58 por partida) nas mesmas seis partidas.

- Fico orgulhoso com isso porque treino demais esse fundamento e procuro aprimorar a cada dia. O professor Dorival me dá muita liberdade para construir o jogo lá atrás e sempre busco furar a primeira linha de marcação adversária. Espero seguir melhorando e ajudando o São Paulo durante os jogos, disse Rodrigo Caio em entrevista ao LANCE!

Além de ser o melhor passador da equipe neste início de temporada, Rodrigo Caio tem ajudado bastante a equipe no plano defensivo. O São Paulo não tomou gol nos últimos três jogos, contra Madureira, Botafogo-SP e Bragantino, e o zagueiro tem sido titular absoluto. Na opinião do atleta, o mérito precisa ser compartilhado com todo o elenco.

- Fico muito feliz porque é fruto de muito trabalho, tanto de nós, jogadores, como de toda a comissão técnica. Esse bom momento do sistema defensivo é mérito de toda a equipe, porque a marcação começa lá na frente. Vejo o São Paulo atuando de forma muito consistente e compacto, por isso estamos sofrendo poucos gols, concluiu o zagueiro.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade