2 eventos ao vivo

'Reidriguinho' marca e garante a vitória do Cruzeiro

O meia ajudou o Cruzeiro a vencer a terceira partida seguida na Libertadores e ficar a uma vitória da classificação às oitavas de final

3 abr 2019
23h25
atualizado às 23h36
  • separator
  • comentários

Líder da sua chave na Libertadores, ainda invicto em 2019, o Cruzeiro deu um passo enorme rumo à classificação para as oitavas de final do torneio continental. Com uma vitória firme, a equipe mineira bateu o Emelec-EQU por 1 a 0, gol de Rodriguinho, o terceiro em três jogos na Libertadores, se tornando o goleador do time na competição sul-americana. O time brasileiro chegou aos nove pontos em três jogos seguidos, vencendo também Huracán e Deportivo Lara.

O time,como um todo teve um comportamento sólido na defesa e boas articulações do meio para frente, com destaque para o quarteto Robinho, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel e Fred, que se entenderam bem, gerando as principais jogadas ofensivas do time celeste.

Decisivo mais uma vez, Rodriguinho ganha cada vez mais espaço no time celeste e mostra que sua contratação foi o maior acerto da diretoria cruzeirense em 2019. O meia além do gol, esteve presente em todas as jogadas de perigo do Cruzeiro ao gol equatoriano. O atleta deixou o campo no segundo tempo, gerando preocupação, mas por enquanto sem notícias de problemas físicos.

Com muita técnica Rodriginho marcou o seu terceiro gol na Libertadores em três partidas pelo Cruzeiro- RODRIGO BUENDIA / AFP
Com muita técnica Rodriginho marcou o seu terceiro gol na Libertadores em três partidas pelo Cruzeiro- RODRIGO BUENDIA / AFP
Foto: LANCE!

Defesa sólida

As duas laterais foram bem na defesa, mas não tiveram muito espaço para subir ao ataque. Mesmo assim, Dodô, que começou jogando no lugar de Egídio, que teve problemas musculares, mas entrou no decorrer da partida, foi tímido na parte ofensiva, mas cumpriu bem o seu papel de auxiliar na parte defensiva.

O Emelec, que não venceu ninguém nesta Libertadores, se mostrou um adversário muito forte fisicamente, como previu a comissão técnica do Cruzeiro, mas de pouca técnica e organização tática, buscando o gol na força, usando muitos chutes de fora da área, jogadas de bolas paradas, mas todas bem neutralizadas pela defesa cruzeirense. O jogo ficou tenso no fim, por desespero do time do Equador, o que exigiu muito pulso do árbitro, mas o Cruzeiro não entrou na pilha e mostrou experiência na pressão do rival.

Foi a segunda vez no século 21 que o Cruzeiro venceu os três primeiros jogos na Libertadores. Em 2011, o time, comandado por Cuca na época bateu seus primeiros rivais na Libertadores daquele ano.

Com mais uma vitória, o time mineiro confirma sua classificação antecipada para às oitavas de final da Libertadores. A equipe mineira volta a campo pela Libertadores quarta-feira, 10 de abril, às 19h15, no Mineirão, contra o Huracán-ARG, pela quarta rodada do Grupo B, iniciando o returno da chave. O Emelec recebe o Deportivo Lara, em casa, às 23h, horário de Brasília, também no dia 10 deste mês.

FICHA TÉCNICA

EMELEC-EQU 0 X 1 CRUZEIRO

Estádio: George Campwell - Guayaqui (EQU)

Data-hora: 3 de abril de 2019, às 21h30

Árbitro: Víctor Carrillo (PER)

Assistentes: Jonny Bossio e Victor Raez (PER)

Gols: Rodriguinho, aos 31'-2ºT(0-1)

Cartões Amarelos: Lucas Romero, Edílson, Dodô(CRU), Jaime, Caicedo(EME)

Cartão Vermelhos: Luna

Público e renda: não divulgados

EMELEC-EQU: Esteban Dreer; Caicedo, Jaime, Leandro Vega, Estácio, Wílmer Godoy, Queiroz, Joel López(Luna, aos 29'-2ºT), Brayan Angulo, Fernando Guerrero(Arce, aos 17'-2ºT) e Cabezas(Daniel Angulo, aos 33'-2ºT) Técnico: Mariano Soso

CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Léo, Dedé e Dodô(Egídio, aos 38'-2ºT); Henrique, Lucas Romero, Robinho, Rodriguinho(Rafinha, aos 19'-2ºT),Marquinhos Gabriel(Fabrício Bruno, aos 34'-2ºT) e Fred Técnico: Mano Menezes.

Veja também:

 

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade