PUBLICIDADE

Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson apoia decisão de Chelsea e City de deixar a Superliga Europeia

Por meio de seu Twitter, chefe de estado do Reino Unido se manifestou mais uma vez vez contrário ao novo torneio de clubes europeus criado nesta semana

20 abr 2021 17h22
| atualizado às 17h22
ver comentários
Publicidade

Nesta terça-feira, a já conturbada Superliga Europeia recebeu mais um duro golpe. Depois de toda repercussão negativa entre imprensa, times e torcedores, os clubes fundadores ingleses teriam declinado de participar da competição.

Torcedores do Chelsea protestam em Londres (Foto: Adrian DENNIS / AFP)
Torcedores do Chelsea protestam em Londres (Foto: Adrian DENNIS / AFP)
Foto: Lance!

Segundo a imprensa inglesa, clubes como Manchester City e Chelsea já estariam preparando a documentação para sair da Superliga Europeia. A atitude dos clubes gerou inúmeras reações ao redor do mundo e, obviamente, no Reino Unido, onde até o primeiro-ministro Boris Johnson se pronunciou a favor da decisão das equipes.

Por meio de seu Twitter, o político britânico afirmou que, se confirmada, a decisão dos clubes é a correta e que merecem elogios por deixar de participar da competição.

- A decisão de Chelsea e de Manchester City é - se confirmada - absolutamente acertada e elogio-os por isso. Espero que os outros clubes envolvidos na Superliga Europeia sigam o seu exemplo - postou.

Lance!
Publicidade
Publicidade