0

Presença de Sánchez fortalece projeto tático de Jesualdo no Santos

'Dono do meio campo santista', uruguaio deve ser o responsável por dar equilíbrio ao time do Peixe

12 fev 2020
07h04
atualizado às 09h43
  • separator
  • 0
  • comentários

Jesualdo Ferreira chegou ao Santos com o discurso de buscar um equilíbrio tático ao time. Em 2019, sob o comando de Jorge Sampaoli, o Peixe chamou a atenção pelo excesso de ofensividade. Porém, em algumas oportunidades, essa intensidade comprometeu o sistema defensivo, já que o time na mesma medida que aplicou goleadas, também sofreu.E para que, aos poucos, a equipe santista ganhe a cara do seu novo treinador, o meia Carlos Sánchez tem se mostrado fundamental. Artilheiro com Sampaoli, marcando 15 gols em 2019, com Jesualdo a ideia é que Sánchez seja o responsável por definir o ritmo da equipe no meio de campo. É na faixa central do gramado, mais pelo lado direito, que o uruguaio tem sido visto nas primeiras partidas do Peixe em 2020. E foi justamente pelo setor que o meia abriu o placar na vitória santista por 2 a 0 contra o Botafogo-SP pela quinta rodada do Campeonato Paulista, nesta segunda-feira (10), na Vila Belmiro.

Desde julho de 2018 no Santos, Carlos Sánchez tem 24 gols marcados em 78 jogos (Foto: Ivan Storti/Santos)
Desde julho de 2018 no Santos, Carlos Sánchez tem 24 gols marcados em 78 jogos (Foto: Ivan Storti/Santos)
Foto: Lance!

O duelo contra o Pantera marcou o retorno de Sánchez ao time titular. Na quarta rodada, contra o Corinthians, o atleta foi preservado por um desconforto na coxa direita. Antes, na terceira rodada, o jogador iniciou a partida contra a Inter de Limeira no banco de reservas, entrou no decorrer do jogo, mas atuou apenas 28 minutos.

Contra a equipe de Ribeirão Preto, o uruguaio teve 89,5% de êxito nos passes, acertou quatro das cinco tentativas de bolas longas e ainda teve um ótimo aproveitamento nas disputas pelo chão, foram cinco bolas dominadas em nove divididas.

Além de ser um atleta de desequilíbrio técnico, Sánchez também é fundamental para Jesualdo Ferreira como líder do elenco. Jogador mais experiente do Peixe, com 35 anos, o meia é um dos capitães da equipe ao lado de Lucas Veríssimo, Luiz Felipe, Pará e Alison.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade