0

Médico e preparador físico do Corinthians explicam como o elenco emendará 2020 em 2021

Ivan Grava e Flávio de Oliveira falaram com a TV oficial do clube e esclareceram como planejam a preparação do grupo sem a tradicional pré-temporada e sem descanso

28 fev 2021
10h03
atualizado às 10h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A temporada 2020 do Corinthians terminou na última quinta-feira e a 2021 começa neste domingo, com a estreia no Paulistão. Nesse intervalo de poucos dias, evidentemente, não houve tempo de fazer qualquer preparação semelhante a de uma pré-temporada. Por isso, fica a dúvida: como o clube planeja trabalhar os aspectos físico e clínico dos jogadores para este ano?

Flávio de Oliveira em treinamento do Corinthians com o volante Xavier (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Flávio de Oliveira em treinamento do Corinthians com o volante Xavier (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

TABELA

GALERIA

Em entrevista para a TV oficial do Timão, o médico Ivan Grava e o preparador físico Flávio de Oliveira, deram seus testemunhos sobre como vão atuar nesta temporada atípica, em que uma temporada está emendada na outra, e não há tempo para fazer todos os procedimentos de rotina em inícios de ano.

Com relação aos exames laboratoriais e avaliações físicas, Grava afirmou que todos eles tem sido encaixados no calendário do clube de acordo com as possibilidades, e estarão prontos para a disputa do Campeonato Paulista. Além disso, será necessário encaixar aquilo que for relacionado à Covid-19.

- Nós estamos fazendo todos os exames necessários, que fazemos no início do ano, que são exames laboratoriais, avaliações cardiológicas de todo o elenco, e as avaliações da parte de fisioterapia entre o final de um campeonato e o começo do outro, mas sem ter esse tempo. Então nós tivemos que encaixar muito bem esses exames de acordo com os jogos e com o calendário para que tudo estivesse pronto para quando a gente começasse o Campeonato Paulista. Sem contar que este ano teremos exames relacionados à Covid-19 em todos os atletas e funcionários do clube - comentou o médico corintiano.

Em relação à preparação física, o grande dilema é a falta de descanso entre um período e outro. Sendo assim, alguns atletas não terão o tempo necessário para a recuperação de um desgaste trazido da temporada anterior. Então o foco é tentar equacionar todo o elenco à disposição e deixar um ou outro jogador descansar dentro das necessidades e prioridades do momento.

- A gente vai ter que ter muita atenção nessa preparação, nesse descanso, nesse repouso com alguns atletas, a gente sempre fala de G1, que é quem está jogando, G2 quem vai no banco, e G3 é quem fica, então a gente tenta equacionar volume, intensidade, mas nessa questão de não parada, que é muito difícil, a gente tem que ter atenção na recuperação de alguns atletas, que estão tendo uma sequência um pouco mais forte de jogos, de treinos, então o processo vai ser de encaixe para recuperar - explicou o preparador físico.

Para Flávio de Oliveira, a comissão técnica e a preparação física só conseguirão fazer um planejamento mais adequado depois das três primeiras rodadas do Paulistão, já que é quando o time terá uma semana cheia pra trabalhar. Isso vai acontecer após o próximo domingo, dia em que o Timão enfrenta a Ponte Preta. A prioridade, segundo o profissional, é pensar no ser humano.

- É um encaixe que você vai ter que ter, nós não temos a semana aberta. Primeiro Red Bull, depois Palmeiras e Ponte Preta, aí que nós vamos ter tempo para trabalhar e recuperar de uma forma pertinente, mas a gente vai pensar e ter sabedoria, e respeitar sempre o ser humano - concluiu Flávio.

O Corinthians estreia na temporada 2021 neste domingo, às 18h, contra o Red Bull Bragantino, no Nabi Abi Chedid, em Bragança, pela primeira rodada da fase de grupos do Paulistão-2021. Com seis baixas, time estará bem modificado.

Veja também:

Confira imagens do projeto da Nova Vila Belmiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade