2 eventos ao vivo

Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima: Flu se despede do primeiro turno ruim contra o Corinthians

Com somente 27.8% de aproveitamento na primeira metade do Brasileirão, Tricolor vive momento alarmante e espera mudar panorama no returno

15 set 2019
08h02
atualizado às 08h53
  • separator
  • 0
  • comentários

Independentemente do que acontecer no confronto de logo mais, às 16h, no Mané Garrincha, em Brasília, entre Fluminense x Corinthians, é fato que o primeiro turno do Tricolor passou bem longe da expectativa. Depois de um Campeonato Carioca onde mostrou qualidade e chamou a atenção pelo refinado estilo de jogo sob o comando de Fernando Diniz, o time degringolou na competição nacional, viu jogadores de destaque ir embora (Everaldo e Luciano) e, à deriva, chega à 19ª rodada na zona de rebaixamento.

Oswaldo de Oliveira durante atividade no CT Pedro Antonio (Foto: Mailson Santana/Fluminense)
Oswaldo de Oliveira durante atividade no CT Pedro Antonio (Foto: Mailson Santana/Fluminense)
Foto: Lance!

Diniz não é mais o treinador, Nenê e Wellington Nem chegaram, e João Pedro e Marcos Paulo despontaram. Nada que tenha alterado o roteiro negativo nessa primeira parte do Brasileirão. Com 27,8% de aproveitamento, o que inclui 11 derrotas e somente quatro vitórias, fazer um segundo turno diferente é, acima de tudo, obrigação para evitar o rebaixamento. Nada melhor do que se despedir do turno inicial com três pontos.

Confira a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro

Até visando uma mudança de panorama, Oswaldo de Oliveira vai apresentar um time titular diferente do habitual para encarar o Corinthians. Sem Aírton e Wellington Nem, suspensos, o comandante vai apostar por um onze inicial mais precavido e até mesmo conservador com dois volantes: Allan retorna e terá a companhia de Yuri. Dessa forma, Ganso terá mais liberdade para se aproximar do trio de ataque, que terá Nenê posicionado à direita, com Yoni, à esquerda, e João Pedro.

- Recentemente, enfrentamos o Corinthians na Sul-Americana e foram dois jogos bem equilibrados. A equipe deles é muito bem montada e sabemos que será mais um duelo extremamente complicado. Temos que entrar com muito foco do primeiro ao último minuto para conseguir a vitória e, quem sabe, sair da zona do rebaixamento - salientou Muriel.

Não se sabe se, com esses titulares, Oswaldo está dando uma declaração de intenção sobre qual será a postura do Fluminense em campo. Nos confrontos da competição continental, o Tricolor acenou com um comportamento mais retraído, principalmente atuando em São Paulo.

A passividade no meio-campo na derrota por 3 a 0 contra o Palmeiras foi criticada durante a semana. Vulnerável, o time se viu exposto aos fortes contra-ataques palmeirenses e naufragou na Arena Palmeiras. Contra um Corinthians que também gosta de atacar com velocidade, o treinador vai apostar num plano B que pode até ser efetivado como principal, a depender de como sairá. Respirar novos ares é tudo que o Fluminense, definitivamente, necessita e espera ter daqui para frente no campeonato.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade