1 evento ao vivo

Hudson segue sem treinar e São Paulo mantém dúvidas na escalação

Treino desta sexta-feira foi aberto à imprensa por apenas 15 minutos. Hudson deve se juntar a Jucilei, Nenê e Everton na lista de desfalques. Veja as opções de Aguirre

31 ago 2018
11h32
atualizado às 11h38
  • separator
  • 0
  • comentários

O São Paulo permitiu o acesso dos jornalistas ao treino desta sexta-feira por apenas 15 minutos, tempo suficiente para se notar que o volante Hudson, mais uma vez, não trabalhou no campo com os companheiros. Com dores no joelho direito, ele tem chances reduzidas de enfrentar o Fluminense, às 16h de domingo, no Morumbi, pela terceira rodada do returno do Brasileirão.

Hudson está com dores no joelho direito (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)
Hudson está com dores no joelho direito (Foto: Maurício Rummens/Fotoarena/Lancepress!)
Foto: Lance!

O camisa 25 sofreu uma hiperextensão do joelho no primeiro tempo do empate por 1 a 1 com o Paraná e acabou substituído no intervalo. Ele passou por exame de imagem e não teve lesão diagnosticada, mas só voltará à rotina normal quando não sentir mais dores. Domingo, já foi desfalque na vitória por 1 a 0 sobre o Ceará.

O volante Jucilei, o meia Nenê e o atacante Everton estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Os dois últimos também não apareceram no gramado nesta manhã: Nenê foi poupado e Everton está em tratamento para o estiramento na coxa esquerda que o deixará afastado por mais duas semanas aproximadamente. O zagueiro Rodrigo Caio, que ficou em tratamento para dores no joelho direito nos últimos três dias, foi a campo.

Aguirre não deu pistas da escalação, mas é provável que Arboleda retorne à zaga no lugar de Bruno Alves. No meio de campo, sem Hudson e Jucilei, a dupla de volantes deve ser formada por Liziero e Luan. O favorito a substituir Nenê é Shaylon, enquanto a vaga de Everton é disputada por pelo menos três jogadores: Everton Felipe, Régis (com Bruno Peres adiantado para a ponta direita e Rojas na ponta esquerda) e Edimar (com Reinaldo adiantado para a ponta esquerda).

O São Paulo lidera o Brasileirão com 45 pontos, três a mais que o Internacional, seu perseguidor mais próximo.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade