0

Gustavo Villani detona gestão do Fluminense após eliminação para o Atlético-GO na Copa do Brasil

Durante o programa 'Troca de passes', do canal SporTV, o narrador criticou a maneira como o Tricolor tem sido gerido nos últimos anos, tendo que vender jovens para pagar as dívidas

25 set 2020
11h26
atualizado às 11h26
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Após perder para o Atlético-GO por 3 a 1, o Fluminense foi eliminado da Copa do Brasil. Com isso, a equipe deixou escapar uma vaga nas oitavas de finais da competição e um prêmio de R$ 2,6 milhões, quantia importante para os cofres do clube. Durante o programa 'Troca de passes', do SporTV, o narrador Gustavo Villani criticou a maneira como o Tricolor tem sido gerido nos últimos anos.

Gustavo Villani criticou a maneira como o Fluminense é conduzido, vendendo jovens e recheando o elenco de medalhões (Reprodução Sportv)
Gustavo Villani criticou a maneira como o Fluminense é conduzido, vendendo jovens e recheando o elenco de medalhões (Reprodução Sportv)
Foto: Lance!

- Um clube com o tamanho do Fluminense pode ficar sem um patrocínio máster na camisa? Um clube tetracampeão brasileiro e campeão da Copa do Brasil. Vendendo os jogadores da base para contratar atletas veteranos que não resolvem nada há anos - frisou.

Além disso, Villani classificou como "mais do mesmo" a maneira como o Tricolor foi conduzido durante os últimos anos, vendendo as joias da base para pagar as dívidas e recheando o elenco com medalhões, que não têm rendido e dado a resposta esportiva que a torcida deseja.

- Não dá para o Fluminense cair precocemente na Copa Sul-Americana e na Copa do Brasil não ter um patrocinador master e seguir vendendo os jovens. Isso é mais do mesmo - detonou o narrador.

Com a derrota desta quinta, o Tricolor terá pela frente apenas o Brasileirão até o fim da temporada em fevereiro. No entanto, o clube vendeu o jovem Evanilson e pode perder Marcos Paulo, que segue negociando com o Olympique de Marselha. Para a sequência da temporada, o elenco precisa de reforços, e o técnico Odair Hellmann comentou sobre a situação na coletiva de imprensa.

- A gente conversa internamente sobre a possibilidade, com diretoria e comissão técnica. Sempre dentro da realidade do clube, que atravessa dificuldades financeiras. Dentro das possibilidades, estamos visualizando o mercado. Não há uma facilidade. Necessita de dinheiro e é uma dificuldade que temos. Se tiver uma boa oportunidade, com certeza o Fluminense estará aberto a essa possibilidade para reforçar a equipe no Brasileiro - declarou.

Veja também:

Veja as principais revelações que saíram do CT do São Paulo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade