0

Galo fala em 'pés no chão' em relação a trazer o atacante Roger Guedes

O diretor de futebol do clube, Rui Costa, comentou sobre a possível vinda do jogador para o clube mineiro, onde jogou em 2018

17 jan 2020
17h17
  • separator
  • 0
  • comentários

O desejo do torcedor do Atlético-MG em contar com o atacante Roger Guedes no elenco está longe da realidade alvinegra. Pelo menos é o que diz o diretor de futebol Rui Costa. O dirigente, durante a festa de lançamento do Campeonato Mineiro, disse que o clube trabalha com os "pés no chão", com responsabilidade.

Guedes deixou saudade no Galo, ao marcar 13 gols em 28 jogos-(Bruno Cantini/Atlético)
Guedes deixou saudade no Galo, ao marcar 13 gols em 28 jogos-(Bruno Cantini/Atlético)
Foto: Lance!

A fala de Costa se explica, pois um dos impeditivos de uma negociação com o jogador, de 23 anos, ser iniciada é seu alto salário, na casa dos R$ 2,5 milhões mensais.- O Roger Guedes é um grande jogador. Ele conquistou um contrato com um padrão extraordinário e aqui no Atlético trabalhamos com os pés no chão. Isso me autoriza a dizer pro torcedor que é quase improvável trazer um jogador com esse patamar de remuneração. A gente tem que ter muito cuidado com o comprometimento financeiro do clube - disse Rui Costa.

Nada de negociação com Diego Tardelli

Outro desejo atleticano, o retorno do atacante Diego Tardelli, de 34 anos, Rui Costa comentou que não há qualquer negociação aberta com o ex-camisa 9 do Galo, mesmo após sua rescisão de contrato com o Grêmio.

- Não existe essa negociação. Pode ser que vá pra outro clube, pro exterior de volta. Não tenho como controlar. O que posso dizer é isso: o Atlético não está negociando com o Tardelli. Portanto, não tem nenhuma concorrência nesse momento - disse Rui Costa.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade