5 eventos ao vivo

São Paulo perde chances, tropeça na Ferroviária e sai vaiado

Após etapa inicial instável, equipe tricolor chega a reagir, mas não passa de um empate em 1 a 1 no Pacaembu

9 mar 2019
23h02
atualizado às 23h09
  • separator
  • 0
  • comentários

O São Paulo bem que lutou, mas não conseguiu entrar nos trilhos no Paulistão. Após uma etapa inicial apática, a equipe de Vagner Mancini reagiu, mas, devido à ansiedade, limitou-se a um empate em 1 a 1 com a Ferroviária, na noite desta sábado, no Pacaembu, pela décima rodada da competição. Léo Artur fez o gol da Locomotiva, enquanto Hernanes igualou o marcador. No fim, o time saiu de campo sob vaias da torcida.

Hernanes marcou o gol são-paulino (Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/Lancepress!)
Hernanes marcou o gol são-paulino (Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/Lancepress!)
Foto: LANCE!

Com o tropeço, a equipe chega a 14 pontos no Grupo D, mas perde a liderança para o Ituano pelo saldo de gols. Na próxima rodada, o São Paulo fará o Choque-Rei no próximo sábado, diante do Palmeiras, às 16h30, no Morumbi.

Perigos na ferrovia...

A esperança em um São Paulo mais envolvente no ataque logo tropeçou em erros frequentes. Em marcha lenta e limitando-se a chutes de longe de Carneiro e Pablo, o Tricolor paulista viu seus planos atropelados com facilidade pela Ferroviária. Perigosa nos contra-ataques, a equipe de Vinícius Munhoz viu Anderson Uchoa e Lúcio Flávio pararem em defesas providenciais de Tiago Volpi. Até que, aos 19, a Locomotiva atravessou de vez o caminho do Tricolor paulista. Diego encontrou Léo Artur, que bateu colocado no ângulo de Volpi.

Busca por novo rumo

A cobrança de lateral de Léo que desviou na zaga rival e carimbou a trave foi só o primeiro indício de que o Tricolor paulista precisava reagir. Aos 29 minutos, Vagner Mancini desfez o trio de zaga e pôs a equipe ainda mais à frente: lançou Helinho no lugar de um Anderson Martins hesitante. Mesmo mais impetuoso, o São Paulo limitava-se a jogadas aéreas sem sucesso, e exigiu Tadeu apenas em cobrança de falta de Hernanes.

Profeta iguala

O Tricolor paulista não demorou a comprovar que estava disposto a fazer seu futebol entrar nos trilhos. Hernanes deu um corte em Tony e, de esquerda, viu sua batida rasteira triscar na trave antes de balançar a rede. O empate abriu caminho para as tentativas do São Paulo. Uma cabeçada de Gonzalo Carneiro parou no travessão, enquanto Helinho desperdiçou duas chances. O Profeta também arriscou da meia-lua, mas a bola passou rente à trave.

Ansiedade leva a empate

Com Hernanes e Antony bastante participativos, aliado a investidas de Igor Vinícius, a equipe de Vagner Mancini acuou uma Ferroviária que limitou-se a se defender. Antony arriscou e a bola assustou Tadeu. O Profeta cobrou falta e, após a bola desviar em Lúcio Flávio, parou na trave. Antony, por duas vezes, parou em Tadeu. Já nos acréscimos, Helinho serviu Pablo, que driblou o zagueiro, mas parou em Tadeu. Por mais que se empenhasse, o Tricolor paulista via sua ansiedade deixar o time fora dos trilhos, de novo.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 1x1 FERROVIÁRIA

Data-Hora: 09-03-19 - 21h
Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Adriano de Assis Miranda (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Leandro Matos Feitosa (SP)
Público total / Renda: 10.944 / R$ 267.057,00

Cartões amarelos: Bruno Alves, Luan (SAO), Rayan (FER)

Gols: Léo Artur, 19/1º T (0-1), Hernanes, 1/2º T (1-1)

SÃO PAULO: Tiago Volpi, Bruno Alves, Arboleda e Anderson Martins (Helinho, 28/1º T); Igor Vinícius (Bruno Peres, 38/2º T), Luan, Hernanes e Léo; Antony, Gonzalo Carneiro (Brenner, 37/2º T) e Pablo. Técnico: Vagner Mancini.

FERROVIÁRIA: Tadeu; Diogo Mateus, Rayan, Rodrigão e Arthur; Anderson Uchoa (Higor Meritão, 13/2º T), Tony e Leo Artur; Felipe Ferreira (Maurinho, 18/2º T), Lúcio Flávio e Diego (Fellipe Matheus, 35/2º T). Técnico: Vinícius Munhoz

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade