0

Firmino decide e Liverpool chega ao 40º jogo sem perder

Brasileiro, notabilizado por fazer gols importantes, marcou aos 39 do segundo tempo e deu vitória sobre o Wolverhampton

23 jan 2020
19h11
atualizado às 19h58
  • separator
  • 0
  • comentários

Quando parecia que finalmente o Liverpool tropeçaria no Campeonato Inglês, o brasileiro Roberto Firmino apareceu para salvar os Reds mais uma vez. Assim como foi no Mundial de Clubes e contra o Tottenham, o camisa 9 marcou, dessa vez nos minutos finais, e deu a vitória ao time de Jürgen Klopp sobre o Wolverhampton, por 2 a 1. Henderson fez o primeiro e Raúl Jiménez marcou para o time da casa.

Firmino comemora com os companheiros: foi o décimo gol do atacante na temporada (Foto: OLI SCARFF / AFP)
Firmino comemora com os companheiros: foi o décimo gol do atacante na temporada (Foto: OLI SCARFF / AFP)
Foto: LANCE!

INÍCIO FORTE

Como de costume, o Liverpool tentou resolver o jogo logo no início e impôs um ritmo forte. Logo aos sete minutos de jogo, Henderson abriu o placar de cabeça. Após cobrança de escanteio, o volante dos Reds apareceu sozinho para abrir o marcador.

SUSTO NO SEGUNDO TEMPO

O time da casa voltou para a etapa final meio desligado e viu o Liverpool quase ampliar o placar. Mas pouco tempo depois, o time de Nuno Espírito Santo conseguiu colocar a bola no chão e deu trabalho. Aos seis minutos, Raúl Jiménez fez bela jogada, tocou para Traoré e apareceu na área para empatar após cruzamento do espanhol. Após o gol, o time da casa seguiu em cima teve algumas chances de virar o jogo, mas não aproveitou as chances.

ESTÁ DIFÍCIL? CHAMA O FIRMINO

O atacante brasileiro colocou o Liverpool novamente na frente no placar aos 39 minutos do segundo tempo. Após bela jogada de Salah, Henderson tocou para o camisa 9, que limpou a marcação, e bateu forte, de canhota, no ângulo de Rui Patrício.

ALEXANDER 'GARCOM' ARNOLD

O lateral-direito foi quem fez o cruzamento perfeito para Henderson abrir o placar. Foi a décima assistência do inglês nesta edição do Campeonato Inglês. Ele só perde para Kevin De Bruyne, do Manchester City, que já deu 15 passes para gol. Na temporada passada, o lateral do Liverpool contribuiu com 12 passes, número que provavelmente será alcançado nesta temporada.

PREOCUPAÇÃO PARA KLOPP

Ainda no primeiro tempo, o atacante Sadio Mané deixou o campo. O jogador sentiu uma lesão e foi substituído pelo japonês Minamino aos 33 minutos de jogo.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade