1 evento ao vivo

Fim da novela: Arrascaeta chega ao Rio para assinar com o Flamengo

Uruguaio desembarcou na noite desta quinta-feira no Rio de Janeiro. Sem falar com a imprensa ou torcida, meia seguiu para realizar exames médicos e assinar com o Flamengo

10 jan 2019
20h11
atualizado às 20h11
  • separator
  • 0
  • comentários

O meia Arrascaeta desembarcou no Rio de Janeiro na noite desta quinta-feira para fazer exames e acertar os últimos detalhes para assinar com o Flamengo. O jogador, que defendeu o Cruzeiro entre 2015 e 2018, chega após uma longa negociação, com direito à troca de acusações e momentos até polêmicos.

A transação entre Flamengo e Cruzeiro pelo meia envolveu 13 milhões de euros - cerca de R$ 55 milhões -, sendo a maior da história entre clubes brasileiros. O uruguaio de 24 anos foi destaque no bicampeonato da Copa do Brasil (2017 e 2018) conquistado pela Raposa e é nome constante em sua seleção nacional.

Arrascaeta desembarcou no Rio de Janeiro e passou rapidamente pela torcida (Foto: Alexandre Araújo)
Arrascaeta desembarcou no Rio de Janeiro e passou rapidamente pela torcida (Foto: Alexandre Araújo)
Foto: Lance!

Arrascaeta chega para um setor que conta com Diego e Everton Ribeiro e pode ser considerado uma reposição à saída de Lucas Paquetá, vendido ao Milan, da Itália, ao fim da última temporada. Vale lembrar que o restante do elenco está em Orlando, nos Estados Unidos, onde disputa a Florida Cup. O novo reforço trabalhará no Rio de Janeiro, assim como Gabigol, até o retorno dos demais companheiros e o treinador Abel Braga, previsto para o dia 15 de janeiro.

Giorgian de Arrascaeta foi o terceiro reforço do Flamengo para a temporada. O zagueiro Rodrigo Caio, ex-São Paulo, e o atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol - que chegou na última quarta-feira ao Rio emprestado pela Inter de Milão, da Itália -, são os outros dois. A direção ainda busca um atacante e um zagueiro.

'Pacificação' foi fundamental para acerto com o Flamengo

O Cruzeiro chegou a dar como encerrada a negociação com o Flamengo por Arrascaeta, com a direção mineira acionando o Rubro-Negro na Fifa e na CBF por aliciamento do jogador e o vice-presidente de futebol Itair Machado dando fortes declarações contra o agente do atleta, Daniel Fonseca, e ameaçando "abrir guerra" com a equipe da Gávea. Para as partes chegarem a um acordo pelo meia, foi feito um processo de "pacificação" entre Cruzeiro e Flamengo, no qual dois nomes foram determinantes: Bruno Spindel, CEO do clube da Gávea, e André Cury, empresário com aval para representar a Raposa.

Foram os dois que se reuniram com o estafe de Arrascaeta por três dias em Montevidéu, no Uruguai, e, após diversos encontros, chegaram aos termos finais da transferência. Com o jogador de 24 anos, o Flamengo já havia tudo acertado desde o início de janeiro. As manifestações de Itair Machado tornaram o clima insustentável de forma que, se não fosse a presença de André Cury, que tem boa entrada no clube mineiro e carioca, a situação dificilmente seria revertida.

Pelo lado do Flamengo, Marcos Braz tentou, por meio de telefonemas, 'acalmar os ânimos" após as acusações do dirigente mineiro, mas as tentativas do vice-presidente de futebol rubro-negro não tiveram êxito. Desta forma, com Arrascaeta deixando claro sua vontade de aceitar a proposta e defender o time da Gávea em 2019, o Cruzeiro viu-se obrigado a dar um passo atrás e mudar a postura na conversa com o clube carioca.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade