2 eventos ao vivo

'Era Cuca' começa na terça com jovens em alta e Tchê Tchê a caminho

Elenco do São Paulo folga neste domingo, faz regenerativo na segunda e já será comandado pelo novo técnico na terça. Mancini avalia positivamente o seu período como interino

31 mar 2019
08h04
atualizado às 10h34
  • separator
  • 0
  • comentários

Cuca comandará seu primeiro treino no São Paulo na terça-feira, no CT da Barra Funda. O time não conseguiu abrir vantagem no Morumbi e terá de superar o Palmeiras no Allianz Parque, onde perdeu os sete jogos que disputou, para garantir a classificação à final já na estreia do treinador, mas o clube considera que o saldo da transição feita por Vagner Mancini é positivo.

Cuca e Raí durante a apresentação do treinador - FOTO: Divulgação/Twitter
Cuca e Raí durante a apresentação do treinador - FOTO: Divulgação/Twitter
Foto: Lance!

Cuca assumirá um São Paulo que ainda precisa evoluir, mas já tem a cara que ele deseja: jovem, intenso para marcar e leve para atacar, sem muitos medalhões. Mancini escalou Luan, Liziero, Igor Gomes e Antony juntos nas últimas três partidas e viu a equipe crescer, com duas vitórias sobre o Ituano nas quartas e o empate sem gols com o Palmeiras no Morumbi.Com o interino, o Tricolor encontrou o que mais se aproxima de "time ideal" nesta temporada: a mesma escalação foi usada nas últimas três partidas, com Tiago Volpi, Hudson, Bruno Alves, Anderson Martins e Reinaldo; Luan, Liziero e Igor Gomes; Antony, Everton Felipe e Pablo.

- Em termos técnico-táticos, a equipe evoluiu muito. Mostrou hoje (sábado), mas ainda falta alguma coisa. Falta apertar mais, sair de trás com rapidez, ter um pouco mais de velocidade objetiva. Essa mudança leva tempo, não são em semanas ou um mês que você vai atingir a plenitude. Está na segunda metodologia de treinamento (do ano) e ainda vai ter a do Cuca. Tentamos alinhar o que pensamos para que essa transição fosse feita com inteligência e atingimos isso. O time joga de uma forma muito mais leve e solta, e o Cuca mais pegar o time já mais perto do que ele pensa - avaliou Mancini, que ficou no cargo por 47 dias e agora voltará a ser coordenador-técnico.

O elenco também estará reforçado para Cuca. Nesta semana, o clube deve confirmar a compra do volante Tchê Tchê, que virá ao Brasil para fazer exames médicos e assinar por quatro anos. Era o nome número um da lista de reforços elaborada pelo comandante.

Outro que chega para o Brasileirão é Alexandre Pato, anunciado na última quarta-feira. Inicialmente reticente com a chegada do atacante por temer que o clube não tivesse dinheiro para contratar jogadores para outras posições, Cuca se empolgou com a negociação na reta final. Avisou à diretoria que o clube não poderia perdê-lo para o Palmeiras e até telefonou para o jogador para ajudar no convencimento.

O São Paulo está de folga neste domingo, fará atividades regenerativas na segunda sob o comando do preparador Carlinhos Neves e, enfim, terá Cuca à beira do campo na terça-feira.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade