0

Fluminense despacha Antofagasta e segue na Sul-Americana

Everaldo e Luciano (que se redime após perder pênalti) garantem vitória por 2 a 1 nesta quinta-feira, em jogo com doses de drama

21 mar 2019
21h24
atualizado às 21h27
  • separator
  • comentários

O Fluminense até chegou a lidar com algumas doses de emoção. Mas, contando com a qualidade de seu trio ofensivo, a equipe de Fernando Diniz despachou o estreante Antofagasta-CHI com uma vitória por 2 a 1 em pleno território chileno e passou para a segunda fase na Copa Sul-Americana. Everaldo e Luciano (que perdeu um pênalti no embate) garantiram a classificação tricolor, enquanto Jason Flores marcou para os Pumas.

Após a classificação, o Tricolor das Laranjeiras volta suas atenções para a última rodada da Taça Rio. A equipe faz o clássico diante do Flamengo neste domingo, às 19h.

Antofagasta x Fluminense
Antofagasta x Fluminense
Foto: Pedro TAPIA / Photosport Chile / AFP / LANCE!

Flu, em sintonia, sai na frente

Impetuoso, o Fluminense não demorou a encontrar brechas para avançar. Everaldo arriscou, mas Fierro travou. Em seguida, Yony González assustou em finalização na esquerda. De tanto pressionar, a sintonia ofensiva do Tricolor das Laranjeiras se sobressaiu. Após roubar uma bola no meio, Airton esticou a González. O colombiano fugiu da falta e encontrou Everaldo que, livre, bateu colocado, fora do alcance de Hurtado.

Mas que vacilo...

Contudo, a desafinação da defesa pontuou o desempenho dos tricolores na etapa inicial. Desatenta na marcação, a equipe de Fernando Diniz cedeu espaços. Jason Flores ameaçou Rodolfo. Em seguida, um "cochilo" de Gilberto foi fatal. Após contra-ataque, Peñaillio cruzou da esquerda e, após Figueroa desviar livre, Jason Flores teve espaço de sobra para igualar. Embalado, o Antofagasta trouxe calafrios em avanços de Figueroa e Felipe Flores.

Que agonia...

A volta do intervalo do Fluminense foi de muita luta. Yony González arriscou da intermediária e a bola passou por cima do travessão. Após cruzamento, a equipe das Laranjeiras teve a chance do desempate quando o árbitro marcou pênalti de Delfino em Matheus Ferraz. Porém, Luciano cobrou rasteiro e permitiu a defesa de Hurtado.

Uma grande redenção!

Porém, uma triangulação tricolor deu a Luciano sua chance de se redimir. Everaldo lançou Yony González, que cruzou da esquerda. O camisa 18 surgiu em meio à zaga para estufar a rede. Os Pumas esboçaram uma reação, com investidas de Figueroa e Jason Flores. Seguro nos contra-ataques, o Flu teve chances com Bruno Silva, Yony González e Gilberto mas, mesmo assim, assegurou sua vaga da Copa Sul-Americana para as Laranjeiras.

FICHA TÉCNICA

ANTOFAGASTA-CHI 1x2 FLUMINENSE

Data-Hora: 21-03-19 - 19h15
Estádio: Regional de Antofagasta, Antofagasta (CHI)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL) Nota L!: 5,0 - O pênalti marcado sobre o Fluminense foi duvidoso.
Assistentes: Alexander Guzman (COL) e John Alexander Leon (COL)

Cartões amarelos: Sandoval, Delfino (ANT), Frazan, Bruno Silva, Luciano, Everaldo (FLU)

Gols: Everaldo, 19/1º T (0-1), Jason Flores, 26/1º T (1-1), Luciano, 23/2º T (1-2)

ANTOFAGASTA: Hurtado; Fierro (Balboa, 28/2º T), Asta-Buruaga, Delfino e Peñaillilo; Collao (Blanco, 14/2º T), Schultz, Sandoval e Jason Flores; Felipe Flores (Bello, 28/2º T) e Figueroa. Técnico: Gerardo Ameli

FLUMINENSE: Rodolfo; Gilberto, Frazan (Paulo Ricardo, 13/2º T), Matheus Ferraz e Caio Henrique; Airton, Bruno Silva, Danielzinho (Marlon, 36/2º T) e Luciano; Everaldo (Ezequiel, 44/2º T) e Yony González. Técnico: Fernando Diniz

Veja também:

 

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade