7 eventos ao vivo

Em áudio vazado, Robinho se diz perseguido pela Globo igual Bolsonaro: 'O bem sempre vence'

Atacante teve contrato suspenso com o Santos após pressão de patrocinadores do clube

16 out 2020
20h31
atualizado às 20h31
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Após ter trechos de conversadas vazadas pelo site 'ge' sobre a condenação sofrida em 1° instância por um estupro coletivo em 2013 ao lado de cinco amigos, Robinho se defendeu. O atacante atacou a Rede Globo e afirmou ser perseguido pela emissora igual ao presidente Jair Bolsonaro.

Robinho desabafou com amigo em áudio vazado e criticou a Rede Globo (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Robinho desabafou com amigo em áudio vazado e criticou a Rede Globo (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Foto: Lance!

Em áudio enviado a um amigo por um aplicativo de mensagens que foram obtidos pela "Folha de SP", o atacante afirmou estar tranquilo sobre a revelação das conversas e se comparou ao Presidente República que, segundo Robinho, foi perseguido pela emissora.

- Bebeto, tô em paz, irmão. Como falei, Deus está me preparando para algo muito maior. No deserto, é nesses ataques que você se aproxima de Deus e se prepara. A gente tem 'N' exemplos aí. Você viu o que fizeram com o Bolsonaro antes da eleição? O ataque que fizeram ao cara? Falando que o Bolsonaro era isso e aquilo? Que o Bolsonaro era racista, fascista, que era assassino? E quanto mais eles batiam no Bolsonaro, mais ele crescia. Então estou em paz mesmo, de coração. Não estou preocupado com eles - afirma o jogador.

Robinho continua seu desabafo ao amigo durante o áudio, chamando o canal de 'emissora do demônio' e ainda prometendo uma homenagem ao presidente com uma camisa especial caso marcasse seu primeiro gol em seu retorno ao Santos.

- O bem sempre vence e a verdade vai aparecer. Os caras aí são pessoas usadas pelo demônio, né? A gente sabe como a TV Globo é uma emissora do demônio. É só você ver as novelas, as programações. Então eu estou em paz. Deus vai dar a vitória. Que se cumpra o propósito de Deus na minha vida. Meter gol neles, 'tamo junto'. Vou meter uma camisa quando fizer gol: 'Globo lixo, Bolsonaro tem razão' - finalizou.

Robinho foi condenado em novembro de 2017 a cumprir nove anos de prisão por participar de um estupro coletivo com mais cinco brasileiros em Milão no dia 22 de janeiro de 2013. Como a condenação foi em primeira instância, a defesa recorreu da decisão e aguarda por um novo julgamento, que deve ocorrer em dezembro desde ano. Robinho sempre negou todas as acusações.

Nesta sexta-feira, o "ge" publicou uma reportagem revelando trechos de conversas de Robinho com amigos que estão anexadas no processo no Tribunal de Milão. Nas conversas, o atacante debocha do caso e confessa que praticou sexo oral com a vítima desacordada, além de presenciar o ato sexual de seus amigos no recinto.

Na noite desta sexta-feira, o Santos publicou um comunicado em que confirma a suspensão do vínculo contratual com o jogador por conta da situação. O clube sofreu pressão de torcedores e até dos patrocinadores, que ameaçaram cancelar seus contratos caso Robinho permanecesse no Santos.

Veja também:

O valor de mercado dos finalistas ao prêmio Golden Boy
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade