PUBLICIDADE

Em 2005, Olé ficou 'sem capa' e LANCE! celebrou 'baile em dobro'

Vitórias da Seleção Brasileira e do São Paulo motivaram o diário esportivo argentino a publicar: 'por razões técnicas não se pode imprimir esta capa, desculpem'

19 abr 2020 18h14
ver comentários
Publicidade

A vitória por 4 a 1 da Seleção Brasileira sobre a Argentina na final da Copa das Confederações de 2005, reprisada neste domingo pela TV Globo, somada aos 3 a 2 que o São Paulo aplicou no River Plate pela semifinal da Libertadores, motivaram manchetes bem distintas nos principais diários esportivos de cada país.

As capas do LANCE! e do Olé em 30 de junho de 2005 - FOTO: Arquivo
As capas do LANCE! e do Olé em 30 de junho de 2005 - FOTO: Arquivo
Foto: Lance!

No Brasil, o LANCE! noticiou os dois resultados com o título "Baile em dobro" em sua capa. Na Argentina, o Olé adotou uma solução criativa para não precisar dar destaque às vitórias brasileiras: "por razões técnicas não se pode imprimir esta capa. Desculpem, até amanhã".

As redes oficiais do São Paulo lembraram deste episódio na noite de domingo, logo após o fim da reprise na TV. Cicinho, que à época era titular do Tricolor, foi um dos melhores em campos na vitória da Seleção de Parreira.🗓 29/06/2005
🇦🇷 River Plate 2x3 São Paulo 🇧🇷
🇧🇷 Brasil 4x1 Argentina 🇦🇷

No dia seguinte, as históricas capas dos diários esportivos Lance!, do Brasil, e Olé, da Argentina... pic.twitter.com/VPGAHH2m0j

Lance!
Publicidade
Publicidade