0

'Duríssimo': imprensa argentina repercute encontro do Racing com o Flamengo na Libertadores

Nas oitavas de final da Copa Libertadores, o Flamengo visitará o Racing no El Cilindro, no jogo de ida, e definirá o confronto no Estádio do Maracanã

23 out 2020
14h37
atualizado às 14h37
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O sorteio realizado pela Conmebol colocou o Flamengo, atual campeão, como adversário do Racing (ARG) nas oitavas de final da Libertadores e a repercussão na Argentina não poderia ser diferente: será um compromisso "duríssimo" para a equipe comandada por Sebastían Beccacece, resumiu o "Olé". O diário destacou a qualidade do elenco e poderio ofensivo do atual campeão da Copa.

Boa fase de Pedro, na ausência de Gabigol, foi destacada em diário argentino (Foto: AFP)
Boa fase de Pedro, na ausência de Gabigol, foi destacada em diário argentino (Foto: AFP)
Foto: Lance!

- Do primeiro golpe, de evitar rivais argentinos, esquivou-se. O que veio na sequência, não. O Racing já conhece seu rival nas oitavas de final da Libertadores e é dos mais fortes. Segundo lugar em seu grupo, o desafio será contra o Flamengo, atual campeão e que vem em grande forma - publicou.

Na reportagem, o "Olé" destaca o atacante Gabriel Barbosa como o grande nome do Rubro-Negro, ressaltando que o camisa 9 está recuperando-se de uma lesão no tornozelo direito. Na sequência, Filipe Luís, Arrascaeta, Arão e Pedro são exemplos citados como "os jogadores da magnitude do Flamengo".

Em relação ao momento do time de Dome Torrent, o "Olé" destaca os 14 gols marcados na fase de grupos e a liderança dividida com o Internacional no Brasileirão. Contudo, lembra a goleada sofrida por 5 a 0 para o Independiente Del Valle, no Equador, para lembrar que o Fla não é impossível de ser batido.

O diário lembra o único confronto entre os times em um mata-mata. Em 1992, com um empate em 3 a 3 no Pacaembu e uma vitória por 1 a 0 em Avellaneda, os argentinos levaram a melhor na Supercopa dos Campeões da Libertadores.

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade