1 evento ao vivo

Desejado pelo Cruzeiro, atleticano Lucarelli explica opção por Taubaté

Campeão olímpico negou que a paixão pelo Galo tenha influenciado a decisão

24 abr 2019
08h51
  • separator
  • comentários

O campeão olímpico Lucarelli renovou o contrato com o EMS/Taubaté por mais uma temporada, além de dar uma preferência para seguir no clube após 2020, apesar do assédio do Sada/Cruzeiro e de sondagens da Europa.

Lucarelli em ação na final da Superliga (Wander Roberto/CBV)
Lucarelli em ação na final da Superliga (Wander Roberto/CBV)
Foto: Lance!

Ao fim da primeira partida da série em melhor de cinco da Superliga Cimed masculina,nesta terça-feira à noite, em São Paulo, o ponta falou sobre a decisão de permanecer no clube paulista.

Nascido em Minas Gerais e torcedor assumido do Atlético-MG, Lucarelli negou qualquer influência da paixão pelo futebol na decisão profissional do vôlei.

- Não tem nada a ver. Já falei isso antes. A minha torcida pelo Atlético é somente no futebol. No voleibol eu sou profissional. Sou pago para representar o time pelo qual estou trabalhando. Independentemente se eu jogasse no Sada/Cruzeiro ou não eu iria dar o meu melhor, com certeza - comentou.

O jogador lembrou da longa recuperação de uma cirurgia no tendão de Aquiles e da perda de quase uma temporada para explicar outro motivo pela permanência.

- Minha renovação acontece pelo respeito que eu tenho pela equipe. Eles me acolheram no momento mais difícil e neste momento eu não poderia fazer outra coisa - disse o ponta.

Sobre a sequência do playoff decisivo, com o segundo jogo no sábado, em Taubaté, o jogador vê necessidade de correção de falhas por parte do time.

- O que tínhamos de treinar a gente já treinou na temporada. Agora é acertar detalhes. A gente sabe o que tem de fazer melhor. É acertar e treinar bem para tentar reproduzir no jogo.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade