0

De virada, Ceará derrota o Bahia e abre vantagem na decisão da Copa do Nordeste

Após sair perdendo, Vozão conquista importante resultado que o coloca muito próximo da conquista da taça

1 ago 2020
18h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

E no primeiro jogo da decisão da Copa do Nordeste, deu Vozão. Com o placar de 3 a 1 no estádio do Pituaçu, a equipe do Ceará abriu uma boa vantagem sobre o Bahia.

Após sair perdendo com gol marcado por Fernandão, a equipe cearense não se abalou em campo. Conquistando o empate ainda no primeiro tempo com Fernando Sobral, Cléber e Mateus Gonçalves ampliaram o marcador na última etapa dando números finais ao jogo.

Com o resultado, a equipe de Guto Ferreira poderá um gol de diferença, ou, até mesmo, jogar por um empate com ou sem gols para garantir o título na terça-feira (4).

PRIMEIRO TEMPO

Apesar de um início bastante movimentado por parte das duas equipes, eram pouco os lances de real perigo contra os goleiro Fernando Prass e Anderson.

No entanto, aos poucos, o Ceará passou a apostar em uma marcação alta. Com isso, o Bahia acabou tendo dois jogadores amarelados, sendo eles Élber e Gregore, antes dos 20 minutos de confronto.

Mesmo com a forte marcação do Vozão, os comandos de Roger Machado passaram a encontrar algumas brechas. Com isso, após algumas investidas do Tricolor, aos 25 minutos, Fernandão conseguiu abrir a contagem no Pituaçu, aproveitando bom passe de Flávio, deixando o atacante em boas condições. 1a 0.

Porém a comemoração por parte do Bahia durou apenas alguns segundos. Aos 26, o Ceará tratou de igualar tudo. Aproveitando um erro de Anderson e Juninho Capixaba que acabaram se trombando no lance, a bola sobrou para Fernando Sobral apenas empurrar para o fundo das redes. 1 a 1.

Após os tentos, o confronto passou a ficar mais equilibrado. Com boas chegadas de ambos os times, os arqueiros mantinham-se atentos conseguindo manter o duelo empatado até o final da etapa.

SEGUNDO TEMPO

Melhor no retorno para os últimos 45 minutos, o Bahia visou pressionar o Ceará em busca da vantagem no placar, assustando Fernando Prass. No entanto, aos poucos os comandados de Guto Ferreira não deixaram barato e, respondendo à altura, Bruno Pacheco também deu trabalho ao camisa 33 do Esquadrão.

Na sequência, aproveitando o momento, o Vozão conseguiu encontrar seu gol. Após cruzamento de Samuel Xavier, o lateral cruzou no capricho para Cléber testar a bola para o fundo das redes. 2 a 1.

Com a vantagem por parte da equipe cearense, os treinadores promoveram algumas trocas. Por parte de Guto, William Oliveira e Mateus Gonçalves entraram nos lugares de Fabinho e Leandro Carvalho, já pela parte de Roger, a intenção foi aumentar ainda mais seu poder de ataque colocando Rossi e Daniel nos lugares de Clayson e Gregore.

Mesmo com as trocas, o Ceará ainda assim criava mais. Com isso, aos 28 minutos, Mateus Gonçalves recebeu bom passe e, dentro da área do rival, cortou a marcação e chutou sem chances para Anderson. Ainda no lance, a arbitragem acabou flagrando um impedimento, mas através do VAR, minutos mais tarde, o gol foi confirmado. 3 a 1.

Na sequência, o Bahia não quis saber de perder tempo e partiu pra cima visando diminuir a vantagem do rival. Sendo assim, aos 40 minutos, outra vez o VAR entrou em ação após Fernandão ser empurrado na área pedindo a marcação de um pênalti, porém não confirmado após a análise.

Já na reta final, contando ainda com os 7 minutos de acréscimos dados pelo árbitro, o Ceará conseguiu segurar a pressão por parte do Esquadrão, garantindo uma boa vantagem para o confronto da próxima terça-feira (4).

Veja também:

Mostramos o cenário na briga pelo prêmio de melhor do mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade