PUBLICIDADE

CSA vence o Oeste e entra no G-4

Com o resultado construído na primeira etapa, os alagoanos alcançaram a 4ª posição; o Rubrão permanece com a lanterna na mão e sua situação fica cada vez mais complicada

11 dez 2020 21h25
| atualizado às 21h30
ver comentários
Publicidade

Pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Rei Pelé, o CSA derrotou o Oeste pelo placar de 2 a 1. Com o resultado, o Azulão entrou G-4 e assume momentaneamente a 4ª posição na tabela de classificação, com 44 pontos. O Rubrão continua com a lanterna na mão e soma apenas 16 pontos.

Gazeta de Alagoas / Ailton Cruz
Gazeta de Alagoas / Ailton Cruz
Foto: Lance!

Na próxima rodada, o CSA enfrenta o Cruzeiro, no estádio Independência. Já o Oeste recebe o Cuiabá, na Arena Barueri. Ambas as partidas serão realizadas no dia 15 de dezembro.

O jogo

Até a primeira parte da etapa inicial, a partida se resumia em o CSA passando o maior tempo do jogo com a posse da bola, mas sem conseguir criar oportunidades claras de gol. Enquanto o Oeste se defendia esperando um erro do Azulão para sair rápido no contra-ataque e surpreender.

Mas a partir dos 25 minutos o CSA resolveu acelerar o jogo e a estratégia deu muito certo. Aos 31 minutos, Rodrigo Pimpão cruzou, Maurício Barbosa tentou afastar o perigo e acabou marcando contra: 1 a 0.

O Oeste ainda não tinha nem assimilado direito o primeiro gol e já tomou o segundo. Caetano vacilou na saída de jogo e a bola sobrou para Nadson. O meia aproveitou e ampliou o placar, aos 34 minutos: 2 a 0 para o CSA.

O técnico Roberto Cavalo, do Oeste, resolveu mexer e voltou do intervalo com três alterações. O Rubrão parou de errar na defesa e começou a ser mais agressivo no ataque em busca de diminuir o prejuízo.

As mexidas e a mudança de postura funcionaram e os paulistas conseguiram o seu gol. Em cobrança de falta, Léo Ceará levantou na área e Maurício Barbosa, o mesmo que havia feito o gol contra no primeiro tempo, marcou de cabeça: 1 a 2.

Com o gol, o Oeste cresceu no jogo e foi para o tudo ou nada em busca do empate. Enquanto o CSA apostava no contra-ataque e nos espaços deixados pela defesa do Rubrão.00

Ambas as equipes conseguiram construir boas chances de gol. Entre as oportunidades criadas, a mais clara foi a finalização de Diego Renan, do CSA. De dentro da área, o lateral-esquerdo encheu o pé e carimbou a trave do goleiro Caique França.

Placar Final: CSA 2, Oeste 1.

Lance!
Publicidade
Publicidade