4 eventos ao vivo
Logo do Seleção Portuguesa
Foto: terra

Seleção Portuguesa

CR7 marca gol histórico, mas Portugal perde para a Ucrânia

Atacante chega ao gol número 700 na carreira após deixar sua marca em derrota pelas Eliminatórias da Eurocopa

14 out 2019
17h47
atualizado às 17h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Em grande fase sob o comando do ex-atacante Andriy Shevchenko, a Ucrânia garantiu vaga na próxima Eurocopa nesta segunda-feira. Em Kiev, a equipe recebeu Portugal e venceu por 2 a 1, com gols de Yaremchuk e Yarmolenko. Cristiano Ronaldo marcou o gol de número 700 na carreira e descontou para os portugueses. Com o resultado, os ucranianos são líderes do grupo B, com 19 pontos, contra 11 dos lusitanos.

Cristiano Ronaldo chegou ao gol de número 700 na carreira (AFP)
Cristiano Ronaldo chegou ao gol de número 700 na carreira (AFP)
Foto: LANCE!

Precisando da vitória para garantir a vaga com uma rodada de antecedência, a Ucrânia começou a partida pressionando Portugal. Logo aos seis minutos, Yaremchuk abriu o placar, aproveitando um rebote do goleiro Rui Patrício, após cabeçada na área. Portugal teve oportunidades em bola para com Cristiano Ronaldo, mas todas sem sucesso. Aos 27', os anfitriões aumentaram a vantagem com Yarmolenko.

Mykolenko avançou pela esquerda e cruzou no pé do atacante ucraniano, que só empurrou para o gol. Os comandados de Fernando Santos criavam oportunidades, mas esbarravam na falta de pontaria e na boa atuação do goleiro Pyatov. No segundo tempo, o panorama se manteve o mesmo, mas um lance aos 72 minutos mudou a partida. Bruma recebeu na entrada da área e chutou, mas a bola bateu na mão de Stepanenko, que acabou expulso.

Cristiano Ronaldo marcou na cobrança de pênalti e chegou ao gol de número 700 na carreira. Após o gol, Portugal começou uma pressão em busca do gol de empate e CR7 teve oportunidade de marcar mais um gol, mas a cabeçada ao 46' parou em cima de Pyatov. Um minuto depois, Danilo Pereira acertou um chute no travessão e quase fez o segundo dos lusitanos. Apesar das chances, os portugueses não conseguiram ao empate.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade