2 eventos ao vivo

Coudet revela parentesco com Filpo Núñez, ídolo do Palmeiras

Atual líder do Brasileirão com o Internacional, o treinador contou que é sobrinho do responsável pela Primeira Academia do Verdão

27 out 2020
08h33
atualizado às 08h33
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Eduardo Coudet lidera o Brasileirão com o Internacional (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
Eduardo Coudet lidera o Brasileirão com o Internacional (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
Foto: Lance!

Técnico do Internacional, o argentino Eduardo Coudet revelou nesta segunda-feira (26), em participação no programa Bem, Amigos! do Sportv, que é sobrinho de Filpo Núñez, histórico treinador do Palmeiras, responsável pela Primeira Academia nos anos 1960.

Os membros da bancada se mostraram surpresos com a notícia. Tio de Coudet, o também argentino Filpo Núñez está na história como o único treinador estrangeiro a comandar a Seleção Brasileira. Fato que ocorreu quando o Palmeiras representou o Brasil e venceu o Uruguai por 3 a 0 na inauguração do Mineirão em 1965.

- Eu tenho uma história familiar aqui no Brasil, não sei se vocês sabem. Meu tio foi treinador aqui e começou a Academia do Palmeiras. Foi o único argentino que dirigiu a Seleção Brasileira - disse Coudet, se referindo a Filpo Nuñez.

Apesar dos bons trabalhos por Rosario Central e Racing, Coudet não chegou a ser cotado pela diretoria palmeirense no ano passado. Acabou acertando com o Internacional e desembarcou em Porto Alegre no início de 2020 para o seu primeiro trabalho no futebol brasileiro.

Na sétima rodada do Brasileirão, Inter e Palmeiras empataram por 1 a 1 no Allianz Parque. Coudet escalou vários reservas e só não venceu porque Luiz Adriano marcou para o Verdão no último lance da partida. Mesmo com um elenco considerado mais modesto, o Internacional é o atual líder do Brasileirão.

Antes, Coudet já havia enfrentado o Palmeiras em outras oportunidades. Em 2006, ainda como jogador, o agora técnico enfrentou o Verdão pela Libertadores, defendendo o Rosario Central. No Palestra Italia, as equipes empataram em 0 a 0, enquanto na Argentina, outro empate por 2 a 2. Naquele jogo, Coudet foi substituído no segundo tempo por Di María, então com apenas 18 anos.

Coudet no antigo Palestra Itália (Foto: MAURICIO LIMA/AFP via Getty Images)
Coudet no antigo Palestra Itália (Foto: MAURICIO LIMA/AFP via Getty Images)
Foto: Lance!

Dez anos depois, já como treinador, Coudet reencontrou o Palmeiras pela Libertadores. Novamente com o Rosario Central, o argentino saiu derrotado por 2 a 0, apesar de ver sua equipe mandar no jogo dentro no Allianz Parque. No jogo da volta, empate por 3 a 3.

O treinador ainda comentou como era tratado por Filpo Núñez nos tempos de jogador e sugeriu que o passado familiar influenciou a sua vinda para o futebol brasileiro:

- Ele me cobrava porque eu dava muito problema como jogador. Tenho uma história com o futebol brasileiro, e creio que o destino existe. Por isso estou aqui agora - finalizou Coudet.

Ídolo Alviverde, Filpo Núñez se naturalizou brasileiro em 1969 e faleceu em São Paulo três décadas depois, aos 78 anos.

Veja também:

Veja imagens do espetacular novo CT do Liverpool
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade