0

McGregor é preso acusado de quebrar e roubar celular de fã

Segundo relatório policial, ao ser filmado, astro do UFC deu um tapa no celular do fã, derrubando-o e dando diversos pisões em seguida

11 mar 2019
22h58
atualizado em 12/3/2019 às 08h25
  • separator
  • comentários

Conhecido não só por seus feitos dentro do octógono, como também por suas condutas polêmicas, Conor McGregor se envolveu em mais uma confusão. De acordo com o jornal "Miami Herald", o lutador irlandês foi preso na noite desta segunda-feira (11) em Miami Beach, na Flórida (EUA), após ser acusado de quebrar e roubar o telefone de um fã.

Conor McGregor na tradicional foto após a prisão nos EUA (Foto: City of Miami Beach Police Department)
Conor McGregor na tradicional foto após a prisão nos EUA (Foto: City of Miami Beach Police Department)
Foto: LANCE!

Ainda segundo a publicação, com base no relatório divulgado pela polícia, McGregor estava de saída de uma boate por volta das 5h desta segunda quando avistou um fã utilizando o celular para tirar fotos suas. Ao perceber a ação, Conor deu um tapa no aparelho, o derrubando e dando diversos pisões em seguida. Por fim, pegou o celular e saiu andando. As câmeras de segurança do local flagraram o momento e registraram imagens em vídeo.

Vale ressaltar que o astro do UFC - ex-campeão de duas divisões da organização - não foi detido no local do incidente. Os investigadores do caso encontraram McGregor horas depois, já à noite, em mansão localizada em Miami Beach, de onde ele foi encaminhado pro Centro de Correção Turner Guilford Knighte com fiança estipulada em US$ 12.500,00.

Sem lutar desde outubro do ano passado, quando foi batido por Khabib Nurmagomedov, Conor McGregor já chegou a ser preso em abril de 2018, após invadir um evento organizado pelo UFC à procura do russo e quebrar um ônibus, causando ferimentos em outros lutadores que fariam parte do UFC 223. Inclusive, "The Notorious" chegou a cumprir cinco dias de trabalho comunitário em duas igrejas localizadas no Brooklyn, Nova York (EUA), local onde ele protagonizou as cenas de vandalismo. Além disso, Conor realizou um curso para controle de raiva, dando fim ao caso e a acusação contra ele.

Advogado de McGregor se pronuncia

Após o incidente, Samuel Rabin, advogado de uma renomada firma e representante de Conor McGregor, divulgou um comunicado sobre o caso através do site MMA Fighting.

"Na noite passada Conor McGregor esteve envolvido em uma pequena briga envolvendo um telefone celular que resultou numa ligação para a polícia. O senhor McGregor aprecia a aplicação da lei e compromete-se a cooperar plenamente com ela - garante o comunicado emitido pelo advogado.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade