0
Logo do Seleção Brasileira
Foto: terra

Seleção Brasileira

CBF oficializa proposta para Tite seguir à frente da Seleção

Mesmo com a eliminação na Copa do Mundo, trabalho do comandante agradou à entidade, que deseja mantê-lo visando o Mundial de 2022

7 jul 2018
18h18
atualizado às 18h27
  • separator
  • 0
  • comentários

Após a eliminação para a Bélgica nas quartas de final da Copa do Mundo, a tendência é que Tite siga à frente da Seleção Brasileira. Mesmo com o insucesso no Mundial, o trabalho do treinador agradou à direção da CBF, que oficializou na madrugada deste sábado o convite para que o técnico permaneça no cargo. As informações são da Folha de São Paulo.

Tite deve seguir no comando da Seleção Brasileira (Foto: AFP/BENJAMIN CREMEL)
Tite deve seguir no comando da Seleção Brasileira (Foto: AFP/BENJAMIN CREMEL)
Foto: Lance!

Segundo a publicação, o comandante se mostrou muito abatido com a derrota e pediu ao chefe da delegação e futuro presidente da CBF, Rodrigo Caboclo, que lhe fez a proposta, um tempo para que possa descansar e refletir sobre qual decisão tomar em relação ao seu futuro.

Independente de qual fosse o resultado na Copa, Tite já tinha comunicado aos dirigentes da entidade que tiraria alguns dias de férias após a competição. Ele deve permanecer no Rio de Janeiro, onde se reunirá com sua família para avaliar qual será sua resposta. A expectativa é de que tudo esteja decidido dentro de 15 dias.

Caso seja confirmado para seguir no comando, o gaúcho quebrará um tabu de 40 anos na Seleção. O último técnico a fracassar em uma Copa do Mundo e continuar no comando foi Claudio Coutinho, em 1978. Porém, ele não foi mantido até a campanha do Mundial de 1982.

Sob o comando de Tite, o Brasil disputou 26 partidas em dois anos, com 20 vitórias, quatro empates e apenas duas derrotas. Neste período, a equipe canarinho marcou 55 gols e sofreu apenas oito.

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade