PUBLICIDADE

Bruno Henrique sobre Verdão fora da liderança: 'Que nos sirva de exemplo'

Palmeiras perdeu a primeira posição do Campeonato Brasileiro depois de oito rodadas e está a dois pontos do Santos agora, mas capitão assegura que brigará pelo título até o fim

29 jul 2019 17h45
ver comentários
Publicidade

Depois de oito rodadas, o Palmeiras deixou a liderança do Campeonato Brasileiro. E a presença na segunda posição, agora dois pontos atrás do Santos, deve ser tratada como lição. Esse foi o discurso adotado por Bruno Henrique, capitão do time, ressaltando, porém, que o atual campeão continua na briga.

Meio-campista coloca o Palmeiras entre os cinco candidatos ao título brasileiro (Agência Palmeiras/Divulgação)
Meio-campista coloca o Palmeiras entre os cinco candidatos ao título brasileiro (Agência Palmeiras/Divulgação)
Foto: Lance!

- Estamos passando por uma situação ruim, mas sabemos a força do nosso elenco e da equipe. Sem dúvida nenhum, vamos brigar até o final. Tem cinco, seis times brigando pelo Brasileiro, e somos um deles. Infelizmente, perdemos a liderança. É usar isso de exemplo para, nos jogos de agora, não passarmos pelo que passamos neste momento - falou o meio-campista.
O Verdão somou apenas dois pontos nas três rodadas da competição disputadas depois da parada por conta da Copa América. O Santos teve 100% de aproveitamento neste período, transformando uma desvantagem de cinco pontos em uma superioridade de dois: o Verdão está com 27 pontos, contra 29 dos comandados do técnico argentino Jorge Sampaoli.

- É ruim, não queríamos perder a liderança. O Campeonato Brasileiro é difícil, são muitos times com capacidade de brigar pelo título. Tivemos uma sequência de três jogos sem vencer, e o Santos vem muito bem. Mas tem muitos jogos ainda. Temos totais condições e vamos brigar pelo título até o final - prosseguiu Bruno Henrique, primeiro a dar entrevista no clube após a saída da liderança.

Cair para a vice-liderança do Brasileiro a segunda consequência desse período de cinco jogos do Palmeiras sem vencer. No último dia 17, foi eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil, pelo Inter, nos pênaltis, no Beira-Rio. No sábado, após o empate por 1 a 1 diante do Vasco, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro, torcedores protestaram, xingando jogadores, diretoria e comissão técnica e chamando o time de "pipoqueiro".

Nesta terça-feira, às 21h30, no Allianz Parque, o Palmeiras define seu destino na Libertadores. Pelas oitavas de final, a equipe recebe o Godoy Cruz, podendo se classificar com vitória ou empate por 0 a 0 ou 1 a 1, já que a ida, em Mendoza, ficou 2 a 2, e gol fora de casa é critério de desempate. Aos argentinos, só interessa ganhar ou igualdade por três ou mais gols.

Lance!
Publicidade
Publicidade