0

Acerto de Bruno Henrique com o Fla está nas mãos do Santos, afirma Braz

A definição de um dos nomes que será emprestado pelo Rubro-Negro ao Peixe, no momento, é o que impede a concretização da contratação do atacante pelo Flamengo

9 jan 2019
11h36
atualizado às 16h12
  • separator
  • comentários


Depois de acertar com Gabigol e Arrascaeta, o Flamengo mantém as tratativas e a confiança em chegar a um acerto com o Santos pela contratação de Bruno Henrique. Nesta quarta-feira, Marcos Braz, vice-presidente de futebol da Gávea, reforçou o interesse no atacante e apontou que o desfecho está nas mãos da diretoria do Peixe.

Bruno Henrique já aceitou oferta do Flamengo; Resta o Santos(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo)
Bruno Henrique já aceitou oferta do Flamengo; Resta o Santos(Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo)
Foto: Lance!

- É um jogador que interessa ao Flamengo e é o presidente do Santos que tem de decidir a vida dele - afirmou Braz durante o desembarque de Gabigol, no Rio de Janeiro, nesta manhã.

O Santos já aceitou a oferta de 5 milhões de euros (cerca de R$ 22 milhões), além do empréstimo de dois atletas por uma temporada. Para o acerto ser concretizado, resta o acordo entre os clubes quanto aos jogadores cedidos.

Jean Lucas, meia revelado na Gávea, já é consenso. O Peixe deseja um atacante e recusou o lateral Trauco. Questionado sobre o impasse, mas disse estar fora da negociação - Bruno Spindel, CEO do Fla, é quem está tratando com o Santos.

- Isso é o Bruno. O Bruno está tocando isso. Estamos em equipe - garantiu.Um atacante que atue pelos lados é um dos focos da diretoria do Flamengo neste momento - nesta virada de ano, perdeu Geuvânio e Marlos Moreno.

Além disso, o clube da Gávea busca mais um zagueiro (anunciou Rodrigo Caio) e por um lateral-direito, uma vez que Rodinei e Pará não são unanimidades.

Peres: "Queremos investir na própria equipe'

José Carlos Peres, presidente do Santos, comentou a negociação com o Flamengo nesta quarta-feira. Segundo o mandatário, a vontade do atleta está sendo respeitada, mas, para a transferência ser concretizada, também é preciso que o negócio beneficie o Peixe.

Seja por "um bom dinheiro" e/ou por uma "boa troca", afirmou o mandatário.

- Estava reunido com o empresário do Bruno Henrique. Temos que pensar no jogador, ele quer ganhar muito mais. Ele quer sair. Gosta do Santos, mas pediu para fazermos um plano de carreira. Fizemos no ano passado, mas é um jogador muito importante e só sai se for por um bom dinheiro, boa troca e que venha alguns jogadores. A gente entende lado humano dele e profissional, mas queremos investir na própria equipe - disse Peres, em entrevista à Santa Cecília TV.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade